Capa da Publicação

Pantera Negra 2: Entenda por que Namor é inimigo de Wakanda nos quadrinhos

Por Gus Fiaux

Com previsão de lançamento para o ano que vem, Pantera Negra 2: Wakanda Forever tem um grande desafio em mãos. Ao que tudo indica, o principal antagonista do filme será Namor, o Príncipe Submarino, o que fará com que Wakanda acabe entrando em guerra com outra nação extraordinária: o reino subaquático de Atlantis. Tudo isso pode acabar sendo representado em uma verdadeira batalha épica nos cinemas.

Nos quadrinhos, todo o embate entre T’Challa Namor está fresco na memória dos fãs e teve grandes consequências para os domínios de ambos. E se você quer entender um pouco mais da treta entre esses regentes soberanos, confira aqui tudo o que você precisa saber sobre a batalha entre Pantera Negra e Namor!

Como tudo começou

Embora Namor Pantera Negra tenham nutrido um forte ódio um pelo outro, é importante lembrar que essa rivalidade começou nos quadrinhos recentes. Eles já até tinham se enfrentado uma vez ou outra nas HQs clássicas, mas o estopim do conflito entre Atlantis Wakanda só veio durante a saga Vingadores vs. X-Men, quando o Príncipe Submarino tomou conta de 1/5 da Força Fênix.

Durante o evento, tanto os Vingadores quanto os X-Men entraram em pé de guerra para decidir o que fazer com essa entidade cósmica que estava a caminho da Terra. Quando Namor e quatro outros mutantes foram possuídos pelo pássaro flamejante, os Heróis Mais Poderosos da Terra começaram a fazer de tudo para atacá-los, ainda que eles não estivessem fazendo nada hostil… a princípio.

Quando os Vingadores atacam, Namor fica enfurecido. Os heróis tentam se esconder em Wakanda, protegidos pelo passe diplomático concedido por T’Challa. Porém, Namor não gosta desse jogo de gato-e-rato e acaba inundando toda a nação africana, além de destruí-la com os poderes absolutos da Fênix. Isso faz com que ele imediatamente se torne um vilão e seja expulso do Quinteto Fênix por seus colegas.

A partir daqui, nascia a grande rivalidade entre Namor e Pantera Negra. Durante anos, o Rei de Wakanda fez planos e se preparou para rebater o ataque do Príncipe Submarino, e como líderes de duas nações distintas, eles colocaram seus próprios reinos um contra o outro. Isso acabou tendo consequências severas para os dois lados, mostrando que na guerra, nunca há vencedores.

Uma breve trégua

Durante anos, T’Challa tentou preparar um ataque contra Namor, e isso foi ficando cada vez mais assustador. Só que os dois precisaram entrar em uma trégua com a chegada das Incursões – eventos onde os Planetas Terra de diferentes mundos se chocavam, resultando na destruição imediata de ao menos uma das Terras. Para combater o problema, vários heróis se juntaram e reformularam os Illuminati – dentre eles, Pantera Negra e Namor.

Nesse período, eles precisaram colocar suas diferenças de lado e trabalhar em busca de uma solução que fosse útil para todos, enquanto tentavam livrar seu próprio planeta do fim imediato. Durante esses eventos, o Pantera Negra sempre foi mais comedido e pacifista, tentando resolver as Incursões sem ter que destruir nenhuma das Terras, enquanto Namor não via problemas em cruzar certos limites morais e éticos.

E embora os dois não se dessem bem, havia um acordo estabelecido de não agressão por ambos os lados. Foi nessa época que o Príncipe Submarino mostrou sinais verdadeiros de que estava arrependido e que toda sua fúria em Vingadores vs. X-Men tinha sido resultado unicamente da Força Fênix. Ele inclusive tentou pedir perdão para T’Challa, para que não sofresse novas retaliações, mas havia um problema…

Após os eventos da saga anterior, T’Challa já não era mais rei de Wakanda. Em seu lugar, Shuri assumira o trono – e a irmã do Pantera Negra sempre teve uma postura mais radical e extremista. Embora T’Challa tivesse tentado persuadi-la a não atacar Atlantis e não dar início a mais uma guerra desnecessária, ela sentia que precisava mostrar o poder de seu povo e se vingar pelo mal que havia sido causado a Wakanda.

A revanche de Wakanda

Foi por isso que Shuri comandou vários exércitos em direção a Atlantis, quando Namor não estava por perto para defendê-la. Isso fez com que toda a cidade submarina fosse sitiada e destruída, com vários atlantes mortos em uma chacina jamais vista na história do local lendário. Isso fez com que toda a redenção de Namor fosse por água abaixo (perdão pelo trocadilho), e ele passou muito tempo pensando em como se vingar.

É importante lembrar que Namor não havia apenas inundado Wakanda quando foi possuído pela Força Fênix. Devido às suas ações, milhares de pessoas morreram – incluindo mulheres e crianças. E embora as ações de Shuri não tenham sido as mais sensatas ou moralmente corretas, os dois países estavam em pé de guerra e por mais que Namor já tivesse acertado as contas com T’Challa, ainda havia uma guerra no ar entre os dois povos.

O massacre fez com que Namor se tornasse ainda mais resoluto em sua missão de acabar com as Incursões e salvar a Terra, mesmo que para isso precisasse condenar outros mundos. Em um momento bem tenso da HQ dos Novos Vingadores, os heróis estão reunidos pensando se devem destruir ou não uma nova Terra. Pantera Negra segura o detonador mas é incapaz de prosseguir, então Namor toma de suas mãos e dizima um planeta inteiro.

Esse foi o grande ponto de virada das histórias dos Illuminati (que protagonizavam o título dos Novos Vingadores) – a partir daí, a equipe se fragmentou e se dividiu, com uma grande batalha sendo conduzida entre as várias facções e a ascensão de um novo grupo disposto a impedir as Incursões, formado por vilões e por heróis mais “questionáveis” – como o próprio Namor. Essa nova equipe se chamava Cabala.

O inimigo do meu inimigo…

E quem pensa que o conflito dos dois acaba só nisso, há ainda um outro detalhe a se considerar. Durante o evento Infinito, no qual Thanos veio à Terra junto de sua Ordem Negra em busca de seus próprios filhos e das Joias do Infinito, uma comitiva liderada por Proxima Meia-Noite foi enviada a Atlantis, que já havia sido destruída pelas forças de Wakanda.

Namor, vendo nisso a oportunidade perfeita de se vingar, mente para Proxima e diz que uma das Joias do Infinito está bem escondida em Wakanda. Então, a vilã reúne seus asseclas e faz um grande cerco na nação africana, dizimando grande parte da população e causando uma destruição ainda maior do que Namor havia feito nas páginas de Vingadores vs. X-Men.

Tudo isso só foi revelado para os Illuminati depois que Namor explodiu um planeta Terra durante uma Incursão, e foi o ápice da briga entre ele e Pantera Negra. T’Challa chegou inclusive a esfaquear o atlante, uma demonstração de como estava realmente abalado com a traição. Desde então, os dois se tornaram adversários, embora a guerra entre Atlantis e Wakanda pareça ter chegado a um trágico fim.

Nas HQs mais recentes, os dois não se bicam muito bem e quase nunca interagem – até porque estão sempre em títulos muito diferentes e quase nunca há crossovers entre suas histórias. Depois de tantas traições e ataques, fica bem nítido que não há um retorno para esses dois e que qualquer trégua está fora de cogitação, ainda que seja para enfrentar grandes ameaças que podem pôr um fim ao mundo que conhecem.

Como isso pode ir para os cinemas?

Black Panther: Wakanda Forever é o título do próximo capítulo da franquia – que já está sendo desenvolvido. Porém, os produtores e criadores da Marvel foram surpreendidos pelo falecimento de Chadwick Boseman devido a uma longa luta contra o câncer, que ele manteve em segredo do mundo. Agora, o segundo filme deve explorar mais de Wakanda como uma forma de honrar o ator, já que o papel de T’Challa não será reescalado.

Rumores dizem que Namor será o principal vilão do filme e deve ser interpretado por Tenoch Huerta (conhecido por Blue Demon e Narcos: Mexico). Nós ainda não sabemos qual seria o grande papel do Príncipe Submarino e o que faria ele entrar em guerra com a nação africana, já que nos cinemas não existe (ainda) a Força Fênix, que foi a principal responsável por desencadear toda a guerra que vimos nas HQs.

Ainda assim, há uma série de motivos. Em suas histórias, Namor sempre lutou contra a poluição e o uso desenfreado da tecnologia por seres humanos, e embora a nação de Wakanda se mostre muito consciente de seu papel ambiental, faria sentido mostrar o Príncipe Submarino tendo problemas com as tecnologias criadas com o vibranium – ainda mais se essas tecnologias forem usadas contra Atlantis e seu povo.

É até possível que o filme siga a cartilha dos combates de super-heróis nas telonas, como Namor inicialmente visto como um vilão que depois se une ao povo de Wakanda para deter alguma ameaça maior. Porém, será um trabalho bem difícil para o diretor Ryan Coogler e sua equipe, uma vez que toda a rivalidade do personagem sempre era direcionada a T’Challa, algo que nós não iremos ver nesse filme.

Pantera Negra 2 está previsto para julho de 2022.

Abaixo, veja os 10 trajes mais fiéis do Universo Cinematográfico da Marvel:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux