Capa da Publicação

My Hero Academia: Mangá revela como Izuku finge dominar o poder do One For All

Por Melissa de Viveiros

Atenção: Alerta de Spoilers!

O capítulo mais recente do mangá de Boku no Hero (via ComicBook), demonstrou como Izuku Midoriya pode usar seus poderes para fingir possuir domínio total dos poderes do One For All. A individualidade, que já foi utilizada antes do protagonista, chegou até ele em sua versão mais forte até o momento. Assim, ele trabalha com os vestígios passados para entender a habilidade completamente. Mas enquanto não entende e controla o poder completamente, o herói vem empregando meios inteligentes que fazem parecer que ele possui total maestria dos seus poderes.

Como Izuku aprendeu ao enfrentar Tomura Shigaraki, com o poder que ele recebeu, veio o fardo de ter que mantê-lo longe do alcance de All For One. Além disso, ele recebeu a tarefa de ser o último usuário da individualidade, embora não consiga utilizá-la completamente ainda.

É contado no mangá que, até o momento, o domínio que o personagem possui de suas habilidades permite a ele utilizá-las até cerca de 45% de sua capacidade máxima. Isso mostra que ele ainda precisa avançar muito, embora não possua tempo o suficiente para progredir nesse sentido.

Assim, o Ato Final da série vem mostrando o herói utilizando suas individualidades de modos únicos e criativos para compensar por sua falta de poder bruto. O capítulo mais recente revelou, inclusive, que ele é capaz de usar isso de modo a fingir dominar o poder do One For All completamente.

Conforme vimos, continuando sua luta contra Lady Nagant, depois de ter utilizado a individualidade de Fa Jin pela primeira vez, Izuku a inclui em seu repertório, tentando combiná-la com suas outras habilidades. Usando todos eles de modo estratégico e eficiente, ele consegue “fingir” atingir 100% da capacidade do One For All.

Izuku usa a versão “falsa” de 100% de poder contra Lady Nagant.

Para isso, ele combina a amplificação de 45% do poder com a força que ele recebe do Chicote Negro, utilizando também a energia cinética que ele guarda da individualidade de Fa Jin. Assim, ele consegue utilizar o “Falso 100%”, conseguindo se mover tão rápido quanto o próprio All Might em seu auge. Incluindo também as individualidades que ele consegue utilizar enquanto voa, ele cria um ataque físico que funciona como uma “falsa” versão do Manchester Smash de poder máximo do One For All.

Apesar de não ter domínio total de seu poder, Izuku mostra que sua inteligência é capaz de compensar pelo que sua força física ainda não é capaz de fazer. O herói demonstra que estará pronto para enfrentar os obstáculos que a reta final da história trará.

O que você achou da estratégia de Izuku? Comente aqui!

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || What is infinite? The universe and the greed of men. || @windrunning_