Capa da Publicação

My Hero Academia: Arco atual do mangá termina de forma devastadora

Por Evandro Lira

O novo capítulo do mangá de My Hero Academia mostrou as consequências devastadoras trazidas pela guerra entre os heróis e A Frente de Libertação Paranormal, uma poderosa organização de vilões (via ScreenRant).

O arco que começou no capítulo 253 trouxe um novo começo para os alunos da U.A mas também os colocaram frente a uma enxurrada de inimigos, incluindo Nomu e a Liga dos Vilões liderada pelo temível Tomura Shigaraki. Toda essa batalha vem se estendendo por um período de 43 edições do mangá.

E ao que tudo indica, ela resultou na situação calamitosa que vemos no capítulo 296. O mangá começa mostrando a cidade destruída, com muitos heróis ainda tentando salvar civis que encontravam presos nos escombros. Descobrimos que mais de 100 vilões conseguiram escapar ilesos, incluindo Shigaraki.

Depois de vermos uma vista panorâmica da cidade em ruínas, o capítulo se concentrar em mostrar um grupo de estudantes destroçados em pé sobre a máscara de um pró-herói, Midnight. Ela foi uma das muitas vítimas da guerra, que inclui também o vilão Twice e outros personagens icônicos.

A heroína Midnight foi uma das baixas da guerra contra o Exército de Libertação Paranormal

O mangá de Boku No Hero Academia definitivamente não escolhe esconder a tragédia provocada pela guerra. A sequência serve para ilustrar o quão danosas são guerras e como ela fere os dois lados da mesma forma.

Com o lançamento da próxima edição prevista para lançar em breve, o fim do arco da Frente de Libertação Paranormal deixa os fãs ansiosos para saber qual a direção que a trama irá seguir, uma vez que as coisas não terminam de forma muito esperançosa para ninguém.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira