Capa da Publicação

Mulher é acusada de crime ao não devolver VHS de Sabrina: Aprendiz de Feiticeira por 22 anos

Por Gus Fiaux

Você se lembra da época em que nós costumávamos ir às locadoras quando queríamos ver um filme ou série? Quem é mais novo pode nunca ter vivido esse momento, mas era mágico ir a esses lugares e passar horas escolhendo qual filme iríamos alugar – dentre as várias opções. Porém, nem todo mundo teve experiências boas com locadoras – ainda mais Caron McBride, mulher que quase foi presa por conta de Sabrina: Aprendiz de Feiticeira.

Recentemente, a história de McBride veio a público quando ela mesmo contou, após ter tentado alterar o nome em sua carteira de habilitação depois de ter se casado. Ela explica que alugou uma fita VHS de Sabrina: Aprendiz de Feiticeira em 1999, em uma locadora de Oklahoma. Ela não devolveu a fita e se esqueceu que tinha alugado, mas o atraso na devolução durou 22 anos e isso levou à acusação de peculato.

Conforme a própria Caron McBride explica:

“Eu fui mudar minha carteira de motorista, e durante essa pandemia do COVID, você precisa marcar um horário. Então, mandei para eles um e-mail e eles me responderam dizendo… que eu tinha um problema em Oklahoma e me passaram um número de referência para eu ligar. Eu liguei e a primeira coisa que a mulher me disse foi que eu era procurada por peculato criminoso. Então eu pensei que fosse ter um infarto.”

O local em que a fita foi alugada foi fechado há mais de uma década, com a derrocada das locadoras e o surgimento massivo de serviços de streaming. Ainda assim, eles já haviam feito a denúncia formal antes do encerramento de suas atividades – e isso levou a vários problemas na vida de McBride.

A fita VHS que causou todo o problema.

Curiosamente, a mulher jura que nunca assistiu a série e que provavelmente sabe o que aconteceu naquele período:

“Eu estava vivendo com um cara jovem, isso foi há mais de vinte anos. Ele tinha dois filhos, duas meninas que tinham 8, 10 ou 11 anos. E eu acho que ele foi lá, alugou e não devolveu ou algo do tipo. Eu nunca assisti essa série na minha vida, não é meu tipo de série. Enquanto isso, eu sou uma criminosa procurada por uma fita VHS.”

McBride ainda fala que, ao longo dos anos, teve muita dificuldade em conseguir emprego ao longo dos anos – muito provavelmente porque os empregadores desistiam de contratá-la assim que viam a acusação de “peculato criminoso” em sua ficha criminal. Felizmente, o Estado de Oklahoma concordou em retirar as acusações quando a história foi passada a limpo, e agora Caron McBride pode viver tranquila sabendo que não é procurada pela justiça.

Você pode conferir a nova e sinistra versão da Aprendiz de Feiticeira, O Mundo Sombrio de Sabrina, que está disponível na Netflix (e aqui, você não corre o risco de esquecer de devolver o VHS).

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux