Capa da Publicação

Matrix Resurrections: Relembre a história da trilogia até agora

Por Arthur Eloi

O trailer de Matrix Resurrections resgatou todo o amor do público pela franquia das Irmãs Wachowski. O novo filme trará de volta Neo (Keanu Reeves) e Trinity (Carrie-Anne Moss) e, ao que tudo indica, recontará elementos dos longas antecessores ao mesmo tempo que retoma a trama da franquia original.

Precisa relembrar o que rolou nos primeiros três Matrix? Reunimos os eventos mais importantes da trilogia abaixo, para te deixar pronto para conferir Matrix Resurrections!

Os eventos do primeiro Matrix

O primeiro filme da franquia chegou aos cinemas em 1999, e conquistou o público da época por suas intensas cenas de ação, marcante visual cyberpunk, e pelas técnicas cinematográficas que mudaram a indústria de vez.

A trama do primeiro Matrix (1999) acompanha um programador chamado Thomas Anderson. Buscando refúgio de uma vida mundana em um apartamento sujo e minúsculo, ele é um hacker com a identidade de Neo, que fica intrigado com a constante menção de algo chamado Matrix na internet. De repente, ele é abordado por uma hacker chamada Trinity, que diz que as respostas que ele busca serão entregues por um homem chamado Morpheus (Laurence Fishburne).

Antes mesmo de poder questionar, Neo passa a ser perseguido por homens de terno e óculos escuros, liderados pelo Agente Smith (Hugo Weaving), que querem que ele colabore com a polícia para apreender esse tal de Morpheus, um suposto terrorista. No que parece ser um pesadelo, Neo é interrogado e silenciado, e uma espécie de inseto metálico é inserido dentro dele pelos agentes. Mais tarde, Trinity e Morpheus encontram Neo, e provam que tudo que aconteceu com ele no interrogatório era real, e não uma alucinação.

Morpheus então lhe explica a verdade: Neo está vivendo dentro de uma simulação de computador, chamada de a Matrix, e do lado de fora os seres humanos sobreviventes estão perdendo uma luta contra as máquinas – e ele pode ser a chave para virar o jogo e libertar a raça humana da escravidão digital.

O homem então oferece duas escolhas para Neo: uma pílula vermelha, para sair da Matrix e “acordar” no mundo real; ou uma pílula azul, para voltar à sua realidade falsa, sem memória do ocorrido. Neo escolhe a pílula vermelha e é resgatado por Morpheus e a tripulação da nave Nebuchadnezzar no mundo real, onde máquinas se alimentam da energia vital de seres humanos aprisionados dentro da simulação.

Mesmo que relutante ao título de “O Escolhido”, Neo passa a treinar e se fortalecer para enfrentar as máquinas em ambas a realidades – na Matrix, são os programas conhecidos como Agentes, que aniquilam qualquer perturbação ao sistema, enquanto do lado de fora são as Sentinelas, que caçam os últimos humanos livres.

Além do treino de artes marciais e com armas, Neo passa a aprender mais sobre a profecia que está inserido, e volta à realidade virtual para consultar a Oráculo (Gloria Foster). Ela, porém, lhe dá a enigmática previsão de que ele terá que escolher entre a própria segurança e a vida de Morpheus.

Essa previsão logo se torna realidade, quando o grupo é atacado dentro e fora da Matrix após a traição de Cypher (Joe Pantoliano), sobrevivente que traiu os demais humanos em troca de uma vida de luxo na simulação. Morpheus é capturado pelos agentes, e Neo e Trinity se armam para resgatar o líder em uma intensa e memorável batalha, onde o protagonista para a explorar os limites de seus poderes. No meio do caminho, os dois se apaixonam, e Trinity revela que a Oráculo havia previsto que ela iria amar aquele que fosse o Escolhido.

O que acontece nas continuações de Matrix?

Com o sucesso gigantesco do original, não demorou muito para Matrix ganhar continuações. No caso, foram duas – Matrix Reloaded e Matrix Revolutions -, ambas lançadas em 2003. Pode ser estranho pensar em dois capítulos de uma saga saindo no mesmo ano, e é possível especular que o fato dessas continuações não serem tão bem vistas é responsável para essa prática não ter virado tendência, mas a verdade é que as sequências de Matrix fizeram sucesso, tanto na crítica quanto na bilheteria.

A trama, começando por Reloaded, se passa seis meses após os eventos do filme original. Aqui, Neo e Trinity já são um casal, e se refugiam com os outros humanos da resistência em Zion, uma cidade escondida das máquinas. O problema surge quando as Sentinelas descobrem a localização, e preparam um ataque em 72 horas, o que faz a resistência se mobilizar para um combate em larga escala.

Na tentativa de impedir a queda de Zion, Neo busca ajuda da Oráculo, que lhe dá direções para que ele encontre um programa chamado Chaveiro (Randall Duk Kim), capaz de lhe abrir um atalho para o núcleo da Matrix. Acontece que o Chaveiro é prisioneiro de Merovingian (Lambert Wilson), o que faz com que ele, Morpheus e Trinity criem um plano para combater o programa francês e resgatar o refém.

No mundo real as coisas também não estão fáceis, com as naves da resistência se mobilizando para proteger Neo em sua missão, o perigoso Agente Smith se rebelou contra a Matrix e arranjou um hospedeiro de carne-e-osso chamado Bane (Ian Bliss). Para ofuscar ainda mais a mente do protagonista, Neo é atormentado pela visão da morte de Trinity no mundo real.

Apesar das dificuldades o time consegue resgatar o Chaveiro, assim Neo consegue acesso ao núcleo da Matrix, e lá encontra o Arquiteto (Helmut Bakaitis), o criador de toda aa simulação. Ele explica para Neo que O Escolhido nada mais é do que alguém responsável por fazer o reboot da realidade virtual, que de tempos em tempos ameaça explodir por não conseguir lidar com o conceito de escolha humana dentro dela.

Assim, Neo recebe a opção de reiniciar a Matrix – pela sexta vez – ou então deixá-la sobrecarregar e acabar de vez, o que mataria toda a raça humana inconsciente. Preocupado com Trinity, ele decide ir ajudar seu amor, o que significa atrasar a reinicialização da simulação. É assim que o protagonista consegue chegar bem a tempo de salvar Trinity de um intenso confronto com o Agente Thompson (Matt McColm), o superior do Agente Smith, e a resgata da morte certeira ao remover uma bala de seu coração.

Ao acordarem para a realidade, Neo descobre que seus poderes estão passando a se manifestar para fora da Matrix, mas isso cobra um preço, e ele desmaia pelo esforço de usar suas habilidades contra as Sentinelas que ameaçavam a resistência humana.

Aceitando o papel de O Escolhido, poderes de Neo apenas crescem na trilogia Matrix

Revolutions começa com Neo em coma, ligado à Matrix, e habitando uma espécie de “zona fantasma” entre a realidade e a simulação, onde se torna prisioneiro do Merovingian. Do lado de fora, Morpheus e Trinity descobrem sobre a situação de Neo, e lutam para libertá-lo.

A dupla consegue essa façanha e, sem perder tempo, assim que é resgatado Neo busca a Oráculo. A entidade revela que o plano do Agente Smith é destruir tanto o mundo real quanto a simulação. Falando no demônio, Smith logo chega ao local e absorve a Oráculo, ficando ainda mais forte ao receber os seus poderes.

Fora da Matrix, Neo avisa do plano do Agente Smith, e a resistência se divide. Uma nave, contando apenas com Trinity e Neo, vai até a Cidade das Máquinas, enquanto a outra parte para tentar salvar Zion do ataque das Sentinelas. O problema é que Smith se revela como Bane, que estava escondido na nave do protagonista.

O vilão faz Trinity de refém e sai na mão com Neo, cegando o herói com um cabo de energia. Acontece que, a esta altura, o protagonista já está tão poderoso que é capaz de enxergar mesmo sem usar seus olhos, conseguindo ver o código-fonte das máquinas até cego, vendo o código-fonte das máquinas. Assim, mesmo sem visão, ele derrota Bane com facilidade.

É então que o ataque das máquinas contra Zion começa, e a resistência luta com tudo que tem, incluindo um ataque de Pulso Eletromagnético que desativa tanto a horda de Sentinelas quanto as defesas da cidade. Enquanto isso, Neo e Trinity chegam à Cidade das Máquinas, e após a heroína morrer de forma trágica, o protagonista encontra a liderança dos robôs na forma do Deus Ex Machina.

Para tentar convencer o ser robótico, Neo revela o plano de Smith de destruir todas as realidades, e se coloca à disposição para impedir o agente em nome do funcionamento da Matrix, pedindo, em troca, oo fim da guerra contra a humanidade. Deus Ex Machina aceita a proposta e o herói retorna à Matrix para lutar contra Smith que, tal qual um vírus, já infectou toda a simulação. O resultado é uma batalha épica contra o agente.

Subjugado pelo vilão, Neo percebe que a forma de vencê-lo é ser assimilado pelo inimigo. Acontece que, quando ele é absorvido por Smith, Deus Ex Machina envia uma descarga elétrica para o corpo de Neo, algo que faz com que o parasita e seus vários clones sejam destruídos. Infelizmente, o herói também acaba padecendo nesta conclusão.

No fim, o corpo de Neo fica na Cidade das Máquinas, o ataque de Zion é interrompido e a Matrix sofre reboot, iniciando uma nova versão da simulação.

Após o fim da trilogia, a franquia continuou através de jogos e de uma série animada, conhecida como Animatrix, com tudo sendo considerado cânone para o universo da saga. Agora, depois de 18 anos desde o último filme, Matrix retornará aos cinemas.

Ainda não é certo como Matrix Resurrections lidará com os eventos da trilogia. Os detalhes da trama continuam sendo mantidos em segredo. Enquanto isso, vale a pena reassistir toda a franquia, e todos os três filmes de Matrix estão disponíveis no catálogo da HBO Max.

Matrix Resurrections chega aos cinemas em 16 de dezembro. Aproveite e confira tudo que você precisa reparar no trailer do filme:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117