Lou Ferrigno, o Hulk clássico, critica trajes com enchimento e uso de CGI

Capa da Publicação

Lou Ferrigno, o Hulk clássico, critica trajes com enchimento e uso de CGI

Por Chris Rantin

Lou Ferrigno, ator de 69 anos que viveu o Hulk clássico de The Incredible Hulk, o seriado que foi ao ar dos anos 1977 até 1982, criticou o uso de trajes com enchimento e CGI que é utilizado para deixar os heróis mais fortes no cinema. Segundo ele, os atores deveriam fazer exercícios para conseguir o físico necessário para encarnar os personagens.

Os comentários de Ferrigno foram feitos em seu Twitter. Enquanto divulgava um novo vídeo no Youtube sobre dieta e rotina de exercícios, ele atacou os novos heróis que utilizam truques para parecerem mais musculosos.

“Obrigado, Mens Health Magazine por essa matéria sobre mim, minha carreira e dicas sobre como eu me alimento,” disse. “Quando você pensa sobre o assunto, eu fui o único super-herói que não usava um traje, então manter meu físico era muito importante pra mim.” 

Em seguida, ele publicou uma foto dele mesmo caracterizado como o Hulk e disse:

“Não consigo pensar em outro super-herói que não é [musculoso por causa de] trajes ou CGI. Trabalhei muito duro na minha dieta e exercícios para ser o Hulk. Não iria decepcionar ninguém, pois o Hulk era o meu herói quando eu era criança.” 

Confira a foto abaixo:

Imagem divulgada pelo ator

No vídeo divulgado pelo ator, Ferrigno continua a falar sobre o Hulk:

“Eu era o único personagem dos quadrinhos a mostrar meu corpo sem nenhuma fantasia. Pra mim, eu tive que garantir que eu parecesse com o Hulk quando eu fiz a série. Então isso transcendeu para todo mundo. Porque as pessoas quando veem o Hulk e me veem pessoalmente, elas se sentem motivadas.” 

E ai, você concorda com ele?

Veja também:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"