Capa da Publicação

Loki: Tudo sobre a série do Deus da Trapaça

Por Gus Fiaux

Depois de ter conquistado o coração dos fãs com suas aparições e no Universo Cinematográfico da Marvel, chegou a vez de Loki brilhar longe da sombra de seu irmão trovejante. O Deus da Trapaça finalmente terá uma série só sua no Disney+, que deve estrear na próxima semana e já está atiçando a curiosidade de muitos – afinal, como será que Loki irá continuar sua nova jornada, agora que o personagem passou por um reset completo em sua personalidade?

A produção segue diretamente os eventos de Vingadores: Ultimato e deve mostrar não apenas uma nova versão do deus nórdico, como também adentrar um pouco mais nos infinitos universos, reinos e possibilidades que a Casa das Ideias pode nos oferecer. E enquanto não temos o primeiro episódio entre nós, aqui vai tudo o que você deve saber sobre a série do Loki e as novas desventuras do Deus da Trapaça!

A série

Na Fase 4, a Marvel Studios finalmente está dando destaque para personagens queridos que nunca tiveram chance de brilhar fora das equipes, ou então que sempre foram marcados como coadjuvantes em suas aparições no MCU. Só nesse ano, tivemos e teremos ótimos exemplos disso, seja por WandaVision Falcão e o Soldado Invernal ou pelo vindouro filme solo da Viúva Negra. E felizmente, também chegou a hora de Loki contar sua história.

Em 2018, começaram a surgir os primeiros burburinhos de que a Marvel estaria desenvolvendo algum projeto que seria focado no Deus da Trapaça interpretado por Tom Hiddleston. Em novembro daquele mesmo ano, o ex-CEO da DisneyBob Iger, confirmou que uma série do personagem estava sendo produzida e que o astro retornaria ao papel que interpreta desde o primeiro filme solo do Deus do Trovão.

A série segue diretamente os eventos de Vingadores: Ultimato, mas deve se afastar um pouco da Terra e do MCU já conhecido pelos fãs. Na trama, veremos um novo Loki sendo preso por uma agência que monitora problemas feitos nas linhas temporais. Para evitar a morte certa, o vilão precisa se aliar aos seus captores enquanto mexe em várias realidades diferentes e descobre mais sobre si mesmo.

As filmagens começaram em janeiro de 2020, e embora nunca saibamos com exatidão, é bem provável que a data de lançamento também fosse marcada para o ano passado. O problema é que o mundo inteiro mergulhou na crise do COVID-19 e inúmeras produções tiveram que ser adiadas. Loki então acabou tendo sua data definida para 2021, e o resultado nós iremos conferir em breve.

Um novo Loki

Como dito anteriormente, a série do Loki vai se centrar em uma nova versão do Deus da Trapaça. Isso tudo porque a versão que conhecíamos e acompanhávamos anteriormente acabou falecendo em Vingadores: Guerra Infinita – em um último ato de heroísmo, já que morre para proteger o irmão, ao tentar atacar Thanos. Agora, o personagem que acompanharemos na série foi introduzido em Vingadores: Ultimato.

No filme de 2019, os Heróis Mais Poderosos da Terra retornam ao ano de 2012 para tentar roubar o Tesseract, que contém a Joia da Mente. Porém, eles não conseguem realizar a façanha e acabam fazendo com que a versão do Loki daquele período (conforme vista em Os Vingadores) escape junto da Joia do Infinito. Agora, o que temos é um novo Deus da Trapaça “resetado”, que não passou por nada do que a versão antiga passou após Os Vingadores.

Ou seja, esse novo Loki ainda é um vilão que nunca conseguiu se redimir e se aproximar de Thor. Ele havia acabado de comandar exércitos de Chitauri para invadir a Terra, apenas para tentar conquistá-la em um delírio de grandeza e poder. O que temos é a chance de um novo caminho de redenção para o personagem – ou então, ele irá descobrir que o mundo tem espaço para várias de suas facetas.

De acordo com o presidente da Marvel StudiosKevin Feige, devemos procurar pistas no logo da série (onde cada letra do nome do vilão é escrita em uma fonte diferente). Isso deve mostrar um pouco dos vários lados de Loki, algo que pode ser muito explorado na série. Uma forte teoria dos fãs é que veremos o Deus da Trapaça descobrindo várias versões diferentes de si mesmo em suas viagens pelo tempo e pelos universos.

Tretas temporais

Quando Loki escapa, ele acaba chamando a atenção de uma organização inédita no Universo Cinematográfico da Marvel, mas que vai lhe trazer muitos problemas. Trata-se da AVT, ou Agência de Variação Temporal. E essa organização tem origem nos quadrinhos da Casa das Ideias. Basicamente, é uma grande empresa que monitora e ajusta problemas no contínuo espaço-tempo, especialmente punindo quem ousar mudar a ordem natural das coisas.

Já sabemos que, quando a série começa, Loki é preso pela Agência – provavelmente porque sua fuga acaba trazendo um desequilíbrio temporal que afeta todas as continuidades e cronologias do Multiverso. Ele então se depara com as instalações oficiais da agência, onde pessoas são simplesmente “apagadas da existência” caso comprometam o tempo e se recusem a corrigi-lo.

Contudo, o Deus da Trapaça terá uma chance de continuar vivo, já que um dos líderes da agência oferecerá a ele a oportunidade de trabalhar para corrigir problemas temporais aqui e ali. Assim, o vilão acaba se subordinando à AVT e passa a trabalhar para eles, corrigindo vários problemas ligados às linhas temporais e continuidades. Só ainda não sabemos quando ele irá se rebelar – afinal de contas, isso obviamente irá acontecer.

Pelos trailers e pelo material de divulgação, podemos perceber também que a AVT esconde alguns segredos sujos – ainda mais no que diz respeito à participação de Loki em tudo isso. Nas HQs, a organização sempre teve fama de ser tão “correta” ao ponto de ser irritante, enrolando pessoas em uma burocracia tremenda enquanto cuidam das linhas do tempo com uma minúcia assustadora.

Novos personagens

Graças à presença dessa agência temporal e das novas viagens do Deus da Trapaça ao longo de novas realidades ou mundos, temos alguns personagens novos que irão aparecer na série – e dessa vez, a Marvel Studios caprichou muito no elenco, já que temos nomes de peso se juntando ao vasto Universo Cinematográfico da Marvel. Aqui, nós temos alguns dos novos personagens que serão apresentados:

Mobius M. Mobius

Mobius M. Mobius será um dos principais líderes da Agência de Variação Temporal. É ele quem “contrata” Loki para fazer missões a serviço da AVT. Nos quadrinhos, o personagem é um burocrata da organização que acaba envolvido no julgamento de vários heróis, como o Quarteto Fantástico e a Mulher-Hulk.

O personagem será interpretado por Owen Wilson (Penetras Bons de Bico, Os Excêntricos Tenenbaums)

Ravonna Lexus Renslayer

Ravonna é uma integrante do AVT que serve como juíza dos casos que chegam ao conhecimento da firma. Ela serve trazendo vereditos e decidindo quais pessoas devem ou não deixar de existir com base no que elas fizeram no tempo. Nos quadrinhos, a personagem tem um laço amoroso como Kang, o Conquistador.

Na série, ela será interpretada por Gugu Mbatha-Raw (A Bela e a Fera, The Morning Show)

Hunter B-15

Uma personagem ainda encoberta em mistérios, Hunter B-15 será uma das guardas da AVT. Ela apareceu pouco no material promocional, mas acreditamos que será a principal guarda a monitorar as ações de Loki. Do pouco que já vimos, ela parece ter um senso de humor ácido.

Ela é vivida por Wunmi Mosaku (Lovecraft Country, O Que Ficou Para Trás)

Outros atores confirmados

Além desses personagens, temos vários atores que já foram confirmados, mas cujos papéis não foram divulgados. Entre estes, temos Sasha Lane (Hellboy, Corações Batendo Alto), Sophia Di Martino (Yesterday, Into The Badlands) e Richard E. Grant (Assassinato em Gosford Park, Poderia Me Perdoar?). Acredita-se que os dois últimos devem interpretar versões diferentes do próprio Loki.

Data de lançamento e mais informações

A série terá sua primeira temporada lançada a partir do dia 9 de junho de 2021. A partir disso, os novos episódios serão lançados nas quartas-feiras (diferente de WandaVision Falcão e o Soldado Invernal, que eram exibidas nas sextas). Ao todo, serão seis episódios na primeira temporada, o que deve se tornar um padrão para a maior parte das séries da Marvel Studios no Disney+.

O interessante a se notar aqui é que, diferente das séries já lançadas – que já foram confirmadas pela Marvel Studios como sendo minisséries – Loki aparentemente já está com uma segunda temporada em desenvolvimento. Assim, é bem provável que tenhamos mais desventuras de Loki sem que seja necessário ligá-lo diretamente ao Thor e a todo o núcleo asgardiano que deve continuar em Thor: Amor e Trovão. 

Apesar disso, a série deve fazer algumas conexões com o vasto MCU, e a participação de Jamie Alexander no papel de Lady Sif parece ter sido confirmada. Assim como as séries anteriores, é bem provável que a trama divulgada até agora nem sequer arranhe a superfície do que veremos na série como um todo, e novas surpresas devem continuar a aparecer aqui, alimentando teorias e especulações dos fãs.

A série foi criada e é produzida por Michael Waldron, que também assume o posto de showrunner. Waldron é um dos responsáveis pelo roteiro de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. Quanto à direção dos episódios, essa deve ficar por conta de Kate Herron, diretora conhecida por alguns episódios de Sex Education. Você está ansioso para ver a produção? O que acha dessa nova jornada do Deus da Trapaça? Deixe nos comentários!

Loki estreia no dia 9 de junho, no Disney+.

Abaixo, veja 10 poderes do Loki que você talvez não conheça:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux