Como e onde ler mangás online

Capa da Publicação

Como e onde ler mangás online

Por Gabriel Mattos

Não é fácil ser fã de mangá no Brasil! Histórias japonesas vem ganhando cada vez mais destaque no mundo nerd nos últimos anos, como My Hero Academia e One Punch Man, mas ainda acaba sendo muito difícil acompanhar por aqui.

Quando as publicações não demoram meses para chegar às bancas nacionais, os preços dificilmente estão entre os mais acessíveis. Isso sem falar na situação de cidades menores, longe dos principais centros, em que muitos mangás simplesmente não chegam.

Se você está cansado de se desdobrar para conseguir ler os mangás do momento, a solução pode ser a mídia digital. No Brasil, ainda são poucas as opções de mangás virtuais, mas para quem domina o inglês, é possível acompanhar os mangás mais populares simultaneamente com o Japão sem pagar nada.

Seja em português ou em inglês, separamos uma seleção de sites e aplicativos com as melhores coleções de mangá da internet. É só procurar o seu mangá favorito e boa leitura!

Em Português:

Editora JBC

Boku no Hero é um dos carros-chefes da JBC

Hoje, os mangás são traduzidos e publicados em território nacional por grandes editoras. Infelizmente, não há um forte interesse em disponibilizar esses materiais de forma digital, mas a Editora JBC vêm lutando para mudar isso.

A editora de mangás mais antiga do Brasil ainda em atividade está comprometida a disponibilizar a maior parte do seu acervo em grandes lojas de eBooks, como a Amazon Kindle, Kobo – Rakuten, Google Play Books e Apple iBooks.

Entre suas publicações mais populares no momento, temos My Hero Academia, Death Note, Cardcaptor Sakura, The Seven Deadly Sins, Re:Zero, Ghost in the Shell – The Human Algorithm e Edens Zero.

Panini

Naruto é uma das apostas da Panini para mercado digital

Panini, a editora mais popular de quadrinhos no Brasil, também é uma forte distribuidora de mangás. O problema é que pouquíssimas edições receberam lançamento digital. Na Amazon Kindle, você encontra Tokyo Ghoul, Dragon Ball, Promised Neverland, Assassination Classroom, além das primeiras edições de Naruto, Bleach, Jojo’s Bizarre Adventure e One Piece.

Social Comics

Por fim, temos a Social Comics, o serviço brasileiro de assinatura com um catálogo recheado de quadrinhos. O maior problema do Social Comics é a sua falta de suporte a grandes títulos internacionais. Poucos mangás fazem parte de seu catálogo, todos nacionais. Se quiser conhecer um pouco mais sobre como anda a produção brasileira de mangás, pode ser uma boa assinar o serviço.

O plano Pessoal, para um único aparelho, custa R$ 14,90 por mês; o Premium, para 2 aparelhos, sai por R$ 19,90 e o Família, R$ 25,90, para até 4 usuários. O site possui aplicativo para Android e iOS.

Em Inglês:

MANGA Plus

One Piece é lançado em português oficialmente junto com o Japão

No mercado internacional, o grande foco das editoras é combater a disseminação de pirataria. E como serviços de qualidade ímpar como a Netflix deixaram bem claro, a forma mais eficiente é oferecer um produto ainda melhor que a alternativa ilegal.

Sendo assim, a Shueisha, a maior editora de mangás do Japão, decidiu lançar um leitor digital de quadrinhos em inglês de graça. Isso mesmo, é possível ler os mais recentes lançamentos de selos como Shonen Jump sem pagar nada.

Entretanto, apenas os sete capítulos mais antigos e mais recentes ficam disponíveis desse modo. Assim, quem está em dia com a leitura pode continuar acompanhando junto ao Japão títulos como My Hero Academia, Jujutsu Kaisen, Dragon Ball Super e Boruto: Naruto Next Generation sem preocupação.

Em breve, o site também disponibilizará seus títulos em português brasileiro. Por enquanto, é possível acompanhar oficialmente as aventuras de One Piece, Jujutsu Kaisen e Spy X Family em nossa língua.

Crunchyroll Manga

Todos os capítulos de Attack on Titan, incluindo o final, estão na Crunchyroll

Crunchyroll é o serviço de streaming de animes mais popular do Brasil, liberando acesso aos melhores animes da temporada apenas uma hora depois da estreia no Japão para os seus assinantes. Mas há outro benefício da assinatura que passa despercebido: o acesso a um robusto acervo de mangás.

Para ter acesso a Crunchyroll Premium, o assinante pode escolher entre três planos diferentes: o básico, Fan, custa R$25 mensais; o Mega Fan, com acesso a múltiplas telas, custa R$32 mensais; há também um plano anual de R$315.

Entre os mangás disponíveis em seu acervo, temos Attack on Titan, Ajin: Demi-Human, The Daily Life of Crunchyroll-Hime e Genshin Impact.

comiXology

Kimetsu no Yaiba é campeão de venda no comiXology

ComiXology, da Amazon, é a maior loja de quadrinhos digitais do mundo. Além de seu conhecido acervo de HQs e Graphic Novels da Marvel e DC Comics, o site também tem uma rica biblioteca de mangás, inclusive alguns títulos originais.

Diferente das suas concorrentes, entretanto, a comiXology não vendo capítulos avulsos, apenas os volumes que compilam várias publicações. Entre os seus títulos mais populares, temos High-Rise Invasion, Kingdom Hearts, Bleach, Baki, Shaman King, Black Butler, Demon Slayer e diferentes versões de Dragon Ball.

ComicWalker

ComicWalker é uma loja japonesa de mangás, com diversos títulos em seu idioma original. O site tem uma versão internacional com títulos gratuitos em inglês. Assim, é possível ler algumas obras mais alternativas, como 1925 e Melancholic, e verdadeiros clássicos, como Neo Genesis Evangelion, Mobile Suit Gundam – The Origins e Sword Art Online.

Conheça os mangás mais vendidos de 2020:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse