Capa da Publicação

Jovens Vingadores: Entenda como a equipe pode estar chegando ao MCU

Por Gus Fiaux

Uma das equipes mais vibrantes e interessantes da Casa das Ideias, os Jovens Vingadores são compostos pela “nova geração de heróis” da Marvel Comics. São personagens fascinantes, que são ligados diretamente (ou apenas inspirados) pelos Vingadores clássicos, e que têm aventuras juvenis enquanto enfrentam todos os tipos de vilões e ameaças, sejam elas de cunho urbano, cósmico ou até temporal.

Quem é fã da equipe já conseguiu notar que o Universo Cinematográfico da Marvel está lentamente introduzindo alguns dos personagens que fazem parte desse grupo, o que certamente terá repercussões no futuro, já que Kevin Feige já deu várias declarações positivas a respeito da inclusão do grupo no futuro desses filmes. E é por isso que aqui, estamos mostrando como os Jovens Vingadores podem estar vindo para a franquia de filmes da Marvel!

Wiccano e Célere

Desde que 2021 começou, tivemos a inclusão de vários personagens que podem estabelecer os Jovens Vingadores no Universo Cinematográfico da Marvel – e tudo isso está acontecendo nas séries de TV, já que todas as lançadas até o momento (e algumas das que ainda estão por vir) incluem alguns personagens bem importantes, a exemplo dos gêmeos Wiccano Célere, que foram apresentados em WandaVision.

Nos quadrinhos, a história deles é um tanto complicada. Billy e Tommy Maximoff foram construtos feitos pela Feiticeira Escarlate, usando fragmentos da alma do demônio Mefisto. Quando o demônio aparece para “roubar” sua alma de volta, ele acaba destruindo as crianças no processo. Porém, os dois acabam “reencarnando” no corpo de dois meninos completamente diferentes, Billy KaplanTommy Shepherd.

Ambos possuem poderes mutantes, e Billy (Wiccano) faz parte da formação original dos Jovens Vingadores, e logo se reúne com seu “irmão” Tommy (Célere), que entra para o grupo em uma aventura posterior. Nos filmes, não há alma de demônio fragmentada, mas os dois parecem ter sido “destruídos” quando Wanda Maximoff precisa quebrar o seu “hex“, acabando de vez com a realidade perfeita que ela mesmo havia criado para si.

De acordo com a cena pós-créditos de WandaVision, vemos que Wanda consegue ouvi-los mesmo após esse “fim” trágico. Uma das suposições gerais é que eles devem aparecer em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura – seja como os mesmos Billy e Tommy, que retornaram através de magia, ou como versões dos personagens de outra linha temporal, já que o filme vai lidar com o Multiverso.

Isso certamente pode ser o pontapé inicial para a inclusão de ambos os personagens nos Jovens Vingadores – no entanto, não seria surpresa se as versões escolhidas para o MCU fossem, de fato, Billy e Tommy Maximoff em vez de Billy Kaplan e Tommy Shepherd, já que essa ideia de que ambos são “reencarnações” dos gêmeos de Wanda é um tant quanto confusa de se explicar.

Patriota

Em Falcão e o Soldado Invernal, tivemos também a inclusão de Eli Bradley, que nos quadrinhos é conhecido por assumir o posto de Patriota, enquanto serve como um “líder” do grupo em suas primeiras aventuras – e ele é claramente inspirado no Capitão América, embora suas origens dos quadrinhos se liguem a outro Sentinela da Liberdade, e não Steve Rogers.

Assim como na série, Eli é neto de Isaiah Bradley, um homem que passou por fortes experimentos genéticos, já que o governo norte-americano queria a todo custo replicar o soro do supersoldado que havia funcionado nos anos 40. A diferença é que, nas HQs, Isaiah chegou a assumir o manto de Capitão América brevemente na década de 50. Assim, Eli tentou honrar o legado do avô, enquanto lutava junto dos Jovens Vingadores.

Na série, o personagem aparece bem pouco, mas tem uma ligação bem próxima com Isaiah, sempre o protegendo e fazendo de tudo para que ele não seja perturbado. Essa versão também não parece ter nenhum tipo de poder, como nos quadrinhos, e isso pode acabar resultando na adaptação de um arco polêmico de histórias caso ele acabe fazendo parte da equipe de jovens heróis.

Nas HQs, Eli acaba usando o HCM – Hormônio do Crescimento Mutante -, uma droga altamente instável que dá poderes voláteis aos seus usuários. É isso que ele usa para combater o crime a princípio, embora depois ganhe os poderes de seu avô após sofrer um acidente e receber uma transfusão de sangue de Isaiah. Como os filmes e séries são da Disney (que tem pavor à inclusão de temas mais adultos nas produções), é bem provável que os poderes de Eli não sejam associados à droga.

Estatura

Embora os três citados acima tenham acendido a chama para a inclusão dos Jovens Vingadores na cabeça dos fãs, não podemos esquecer que uma integrante bem importante da equipe já está na ativa no Universo Cinematográfico da Marvel desde 2015. Estamos falando de Cassie Lang, a filha do Homem-Formiga, que nas HQs acaba virando uma heroína chamada Estatura.

A inclusão da personagem nos filmes é uma verdadeira bagunça, já que ela é interpretada por três atrizes diferentes. No começo, tivemos Abby Ryder Fortson interpretando a versão mais infantil da personagem, e depois Emma Fuhrmann assumiu esse posto após o pulo temporal de cinco anos de Vingadores: Ultimato. Contudo, Fuhrmann foi substituída e a personagem será interpretada por Kathryn Newton no próximo filme do Homem-Formiga.

Newton é uma atriz já estabelecida e faz sentido tê-la como um grande chamariz caso a personagem faça parte dos Jovens Vingadores. Vale lembrar que, nos quadrinhos, Estatura se juntou à equipe depois da morte de seu pai pelas mãos da Feiticeira Escarlate. Com o passar do tempo, ela se envolveu em um triângulo amoroso com o Rapaz de Ferro e a “nova” versão do Visão, que tinha um comportamento mais juvenil.

Eventualmente, Estatura acaba morrendo após um surto do Rapaz de Ferro, em um dos momentos mais trágicos de A Cruzada das Crianças – afinal, isso acontece pouco tempo depois que ela consegue trazer Scott Lang de volta ao mundo dos vivos. Não sabemos se isso será adaptado no MCU, caso a equipe tenha sua própria franquia, mas com certeza seria um momento digno de partir corações.

Gaviã Arqueira

Uma outra personagem muito importante para os quadrinhos dos Jovens Vingadores é justamente uma heroína que tem conquistado muito espaço no coração dos fãs, mesmo que ainda não tenha sido introduzida no Universo Cinematográfico da Marvel. Estamos falando de Kate Bishop, uma vigilante que acaba colocando as mãos em várias armas pertencentes a antigos Vingadores, e por isso se torna a Gaviã Arqueira nas HQs.

Kate, apesar de não ter nenhum tipo de superpoder, se torna uma integrante valiosa do grupo por ter uma mira bem certeza, fruto de anos de treinamento com diversos tipos de armas e artes marciais. Ela se torna uma espécie de líder para o grupo, dividindo o cargo com o Patriota, além de ser conhecida por ser a integrante mais velha da equipe, o que acrescenta novas dinâmicas para esses personagens.

No Universo Cinematográfico da Marvel, a história da personagem será invertida. Se nos quadrinhos, ela primeiro fez parte do grupo para só então conquistar a admiração do Clint Barton e ser treinada por ele, na adaptação ela já será apresentada na série do Gavião Arqueiro, sendo uma parceira para o herói antes de eventualmente migrar para os Jovens Vingadores – se é que isso vai acontecer…

A série ainda não foi lançada, então todas as conclusões que podemos tirar até agora é que, na trama, veremos Clint treinando Kate para ser sua sucessora, enquanto se prepara para abandonar o mundo do heroísmo de uma vez por todas. A série parece ser bem inspirada pelo run de Matt Fraction David Aja nas HQs do Gavião Arqueiro, e se isso for concretizado, veremos Kate saindo dessa aventura com muito potencial e um futuro brilhante pela frente.

Rapaz de Ferro

Aqui, entramos em um campo mais etéreo de especulação, tendo em vista que de todos os da lista, esse é o único que “não foi apresentado” da forma como conhecemos (e, por enquanto, nem foi anunciado para uma produção futura). Pois bem, o último episódio de Loki deixou claro que Kang está vindo. Na final, fomos apresentados a Aquele Que Permanece, que é uma “Variante” do Conquistador dos quadrinhos.

Quando o Multiverso colapsa, Aquele Que Permanece morre pelas mãos de Sylvie, mas promete que suas Variantes virão e serão ainda piores que ele. Isso já estabelece perfeitamente Kang como um grande vilão das próximas fases da Marvel. Mas sabe quem também é uma “Variante” do personagem nos quadrinhos? O Rapaz de Ferro, que é ninguém menos que o responsável por juntar os Jovens Vingadores nas HQs.

Basicamente, nas HQs, o Rapaz de Ferro é a versão mais jovem de Kang, deslocado no espaço-tempo contínuo. Ele está destinado a se tornar o temível Conquistador e quer a todo custo impedir que isso aconteça, mas sabe que não há chance. Ele reúne os Jovens Vingadores na esperança de que possa reverter seu próprio destino, enquanto prepara o grupo para lutar contra Kang… só que eventualmente, ele é colocado no caminho para se tornar o vilão.

Levando em conta que Kang parece estar sendo introduzido como o grande vilão das próximas fases da Marvel, não seria surpresa alguma se sua história se interconectasse com várias produções distintas – incluindo uma eventual adaptação do grupo juvenil. Talvez, na segunda temporada de Loki possamos ser apresentados ao Rapaz de Ferro, a versão mais jovem do Conquistador, e isso nos direcione ainda mais para uma aventura dos Jovens Vingadores.

Kid Loki

E já que estamos falando de versões jovens e levemente heroicas de vilões formidáveis da Marvel Comics, nós não devemos deixar o Kid Loki de lado. Nos quadrinhos, ele faz parte da segunda formação dos Jovens Vingadores, que só é apresentada após a Cruzada das Crianças. Sua história é bem complicada de se explicar, mas vale dizer que ele é uma versão mais jovem do Deus da Trapaça que quer “se livrar” do passado sombrio do Loki original.

Na série do Loki, nós conhecemos essa “Variante” do personagem de outra realidade – só que, diferente das HQs, sua história parece ser bem mais sombria, já que ele aparenta ter sido o responsável pela morte do Thor em seu mundo. Loki conhece essa variante juvenil quando é transportado para o Vazio, um lugar muito próximo ao fim dos tempos, que é recheado de várias Variantes do Deus da Trapaça que foram capturadas pela AVT.

Ainda não fazemos ideia de como essa versão do personagem poderia ser transportada para o “presente”, para que pudesse fazer parte dos Jovens Vingadores – e sendo bem honesto, eu particularmente acredito que ele não fará parte do grupo. Contudo, uma possibilidade bem interessante é ver como a expansão do Multiverso trará alguns frutos para o MCU, o que pode resultar em uma “viagem temporal” dessa versão específica de Loki.

E por mais que eu acredite que o personagem não retornará para integrar os Jovens Vingadores, seria interessante demais ver isso nos cinemas ou nas séries, uma vez que Kid Loki injeta uma espécie de entropia controlada ao grupo, conquistando a desconfiança de seus colegas de equipe, enquanto mexe seus pauzinhos para manipular as jogadas.

Miss America

Outra integrante da segunda formação da equipe é Miss America Chavez, outra heroína que está prestes a fazer sua estreia no Universo Cinematográfico da Marvel. Nos quadrinhos, ela vem de uma outra realidade que foi criada pelo Demiurgo (Wiccano depois de adulto, em pleno domínio de suas capacidades mágicas) e sua inclusão nas histórias do grupo vem para proteger Billy Kaplan de ameaças, inclusive do próprio Kid Loki.

America é esquentadinha, pavio curto e muito poderosa – ela basicamente é capaz de abrir portais pelo Multiverso com um chute. E sabemos que a personagem já será apresentada a esse universo através de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, onde será interpretada por Xochitl Gomez. Ainda não sabemos muitos detalhes sobre a participação da heroína, mas supomos que será algo grande.

Se, nos quadrinhos, ela é capaz de perfurar portais entre as realidades do Multiverso, isso pode vir a ser bem útil (ou perigoso) em uma trama que terá o Multiverso como principal ponto focal. Alguns rumores dizem que ela será uma garota perseguida por um importante vilão místico do Doutor Estranho (muito possivelmente Shuma-Gorath), e por isso o Doutor Estranho e outros heróis místicos precisarão defendê-la.

No entanto, vale lembrar que a versão da personagem que nós conhecemos dos quadrinhos da Marvel é um pouco mais velha que a atriz Xochitl Gomez, sendo mais ou menos da idade da Gaviã Arqueira. Pode ser que, caso façam uma produção dos Jovens Vingadores, uma versão mais velha da personagem seja introduzida – talvez uma Variante do Multiverso ou até mesmo a própria America Chavez que conheceremos, só que mais velha.

Outras possibilidades

Todos esses personagens citados acima já foram introduzidos ou estão prestes a surgir no Universo Cinematográfico da Marvel – e com isso, é importante definir que existem outros heróis da equipe que ainda não foram apresentados – como por exemplo Hulkling, que é o namorado de Wiccano e é conhecido pela capacidade de mudar de forma, já que é meio-Skrull e meio-Kree. É bem provável que o personagem apareça em Invasão Secreta ou The Marvels.

Contudo, existem também algumas figuras que não fazem parte dos Jovens Vingadores nos quadrinhos, mas que muitos acreditam que serão incorporados à adaptação da equipe. Um bom exemplo disso é a Ms. Marvel (Kamala Khan), uma heroína paquistanesa que logo vai ganhar sua própria série solo. Kamala é muito fã de super-heróis e é capaz de esticar seu próprio corpo, além de mudar de forma e ter um rápido fator regenerativo.

Outra personagem prestes a ser introduzida nesse universo é a Coração de Ferro. Conhecida pela identidade de Riri Williams, essa é uma jovem heroína genial que, aos quinze anos de idade, conseguiu construir sua própria armadura inspirada em designs do Homem de Ferro. Sabemos que ela terá uma série solo, mas acredita-se que a personagem também vai aparecer em Armor Wars.

Nos quadrinhos, as duas personagens fazem parte dos Campeões, uma outra equipe juvenil que é bem importante atualmente – mas não seria surpresa se a Marvel resolvesse “unificar” os Campeões e os Jovens Vingadores em um só grupo, fazendo dele uma grande equipe composta por heróis juvenis. Portanto, as chances de ver Ms. Marvel e Coração de Ferro interagindo com Wiccano e Gaviã Arqueira são bem empolgantes.

Ainda não sabemos quando os Jovens Vingadores se juntarão ao Universo Cinematográfico da Marvel.

Abaixo, relembre os 10 melhores momentos dos Jovens Vingadores nas HQs:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux