Joss Whedon não podia ficar sozinho com Michelle Trachtenberg no set de Buffy, a Caça-Vampiros

Capa da Publicação

Joss Whedon não podia ficar sozinho com Michelle Trachtenberg no set de Buffy, a Caça-Vampiros

Por Gus Fiaux

Nos últimos meses, temos visto a carreira de Joss Whedon desmoronar após uma série de acusações que começou nos bastidores das refilmagens de Liga da Justiça. O astro Ray Fisher, que interpreta o Ciborgue no filme, pôs sua própria carreira em risco para denunciar comportamentos abusivos e inadequados de Whedon, e logo foi amparado por alguns colegas de trabalho. Mas não parou por aí. Agora, outros atores e atrizes que já trabalharam com Whedon estão se manifestando, com boa parte do elenco de Buffy, a Caça-Vampiros saindo em apoio de Fisher.

Nesta semana, Charisma Carpenter, atriz famosa pelo papel de Cordelia Chase em Buffy, a Caça-Vampiros e no spin-off Angel, veio a público com uma carta aberta, onde falou sobre o tratamento abusivo de Joss e como ele causou graves sequelas psicológicas nela, que inclusive afetaram toda sua vida pessoal e profissional após o fim das duas séries. Colegas de elenco de Charisma também demonstraram apoio à ela, como Michelle Trachtenberg.

Trachtenberg entrou para o elenco principal de Buffy na quinta temporada, no papel de Dawn Summers. Em seu perfil pessoal no Instagram, ela se manifestou sobre a polêmica envolvendo o diretor, citando as postagens de suas colegas de elenco e sugerindo que havia uma regra clara no set que dizia que Whedon não podia estar no mesmo lugar sozinha com ela. Vale mencionar que, na época, Trachtenberg ainda era adolescente e menor de idade:

“Obrigado por dizer isso. Eu sou corajosa o bastante agora como uma mulher de 35 anos para repostar isso. Porque isso precisa ser conhecido. Como uma adolescente, com o comportamento dele que não era apropriado… O último comentário que eu vou fazer é que havia uma regra dizendo ‘ele não pode ficar no mesmo lugar sozinho com a Michelle novamente’.”

O texto de Michelle é bem fragmentado e direto, sem dar muitos detalhes do que pode ter acontecido para motivar a regra. Porém, levando em conta as recentes acusações ao diretor, certamente não deve ter sido algo leve. A atriz não foi a única integrante do elenco de Buffy, a Caça-Vampiros a se manifestar em prol de Charisma. Sarah Michelle Gellar (Buffy), Amber Benson (Tara) e Anthony Head (Giles) também declararam apoio.

Michelle Trachtenberg foi motivada por Charisma Carpenter, que publicou uma carta aberta recentemente acusando o comportamento inapropriado de Joss Whedon.

Tudo isto está jogando ainda mais lenha na fogueira no que diz respeito às acusações de Ray Fisher contra Whedon por abusos e comportamentos inadequados em Liga da Justiça. O ator começou uma grande campanha em prol da responsabilização e investigação de tais atos, mas afirma ter sido silenciado pela Warner que, de acordo com ele, está tentando proteger Whedon.

Até o momento, ainda não há informações a respeito da “investigação particular” feita pela Warner para determinar os abusos e comportamentos inadequados de Joss Whedon no set das regravações de Liga da Justiça. O diretor está afastado dos holofotes e não deu nenhuma declaração a respeito das acusações, ainda que já tenha começado a sofrer as primeiras consequências, com seu nome sendo retirado de grandes projetos.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux