Governo japonês pode taxar Cosplayers sob lei de direitos autorais

Capa da Publicação

Governo japonês pode taxar Cosplayers sob lei de direitos autorais

Por Leo Gravena

Em uma noticia dada recentemente pelo jornal japonês The Nikkan Sports (via AnimeNewsNetwork) o governo do Japão está considerando regular os ganhos de cosplayers através das leis de direitos autorais, fazendo com que os cosplayers que ganham dinheiro com essa atividade tenham que repassar parte do valor recebido para as organizações.

Na reportagem, é dito que o governo está atualmente investigando a situação, buscando opiniões tanto de empresas que possuem os direitos autorais, como de cosplayers, porém, até o momento nenhuma legislação ainda foi proposta. Isso afetaria apenas os cosplayers que ganham dinheiro com suas atividades, e não afetaria as pessoas que fazem cosplay apenas por lazer.

A cosplayer Enako, uma das maiores do Japão, conversou com o ministro Nobuharu Inoue.

Atualmente, vários cosplayers ganham dinheiro através de diferentes atividades, como serviços de subscrição, vendendo fotos e vídeos, além de ganharem cachê ao participar de eventos. A questão do momento, no governo japonês, é se o cosplay viola, ou não, a lei de direitos autorais por reproduzir conteúdo, ou a lei de direitos de adaptação – que é algo que já é discutido dentro da comunidade de cosplayers faz algum tempo.

Tarō Yamada, um membro do governo japonês e líder do “Partido de Proteção à Liberdade de Expressão” disse que é possível manter o “ecossistema” que beneficia tanto as empresas que possuem os direitos autorais de imagem como os cosplayers de forma justa e que, como um dos membros do governo lidando com esse assunto, ele está investigando uma maneira de manter as leis de direitos autorais japonesas na era do “conteúdo gerado por usuários”.

O que você acha dessa questão? Não deixe de comentar!

Aproveite e confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."