Iara Riça, dubladora da Arlequina, morre aos 56 anos

Capa da Publicação

Iara Riça, dubladora da Arlequina, morre aos 56 anos

Por Chris Rantin

Iara Riça, uma das vozes mais icônicas da dublagem brasileira, faleceu hoje em decorrência de um aneurisma cerebral. A atriz e dubladora tinha 56 anos e estava em coma.

A confirmação veio através de Guilherme Briggs, que estava utilizando suas redes sociais para manter os fãs atualizados sobre o estado de sua amiga. Ele disse:

“Eu recebi a notícia que a nossa querida amiga e colega dubladora Iara Riça não resistiu ao aneurisma e teve morte cerebral, após passar vários dias em coma no hospital. Uma junta médica vai se reunir para os próximos passos. Eu peço, por favor, neste momento tão delicado e de dor, que todos os fãs se unam em orações, com muito amor e luz para nossa querida Iara, juntamente com meus amigos e colegas dubladores.”

Iara Riça era conhecida por ser a voz da Arlequina em praticamente todas as produções. Ela também é lembrada por ser a voz de Jean Grey em X-Men: Evolution. Entre outras produções, ela já trabalhou em Buffy, As Meninas Superpoderosas, Ben-10, A Princesa e o Sapo, Liga da JustiçaScooby-Doo.

Algumas das personagens de Iara Riça

A LH lamenta o falecimento e lembrará eternamente do legado incrível que Iara Riça deixou em nossos corações.

 

 

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"