Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa – Roteiristas explicam porque Tia May funciona como o Tio Ben da nova trilogia

Capa da Publicação

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa – Roteiristas explicam porque Tia May funciona como o Tio Ben da nova trilogia

Por Nick Narukame

Atenção: Alerta de Spoilers!

O Homem-Aranha de Tom Holland está caindo cada vez mais nas graças do público. Em Sem Volta Para Casa, o jovem acaba sendo obrigado a amadurecer no super-herói que os fãs tanto ansiavam. Diferente das versões anteriores do herói, que foram moldadas pela figura do Tio Ben, desta vez devemos agradecer as lições da Tia May de Marisa Tomei. Em nova entrevista, os roteiristas Chris McKenna e Erik Sommers explicam o motivo da mudança (via ComicBook).

Diferente dos demais heróis do MCU, ainda não havíamos visto a história de origem do Homem-Aranha. Afinal, em Capitão América: Guerra Civil, sua primeira aparição neste universo, ele já atuava como o Amigão da Vizinhança. Enquanto em seu primeiro filme solo, Homem-Aranha: De Volta Para Casa, não tivemos muitas informações sobre o tio Ben, sua relevância na formação de Parker, sua morte ou a famosa frase “com grandes poderes, vem grandes responsabilidades”.

Tia May é o coração do novo filme

Foi com base nessas pontas soltas que os roteiristas viram a necessidade de utilizar May como “o novo Tio Ben”. Nesta trilogia, ela sempre foi a única família do herói, apoiando sua jornada em todos os momentos, o que tornaria sua perda ainda mais significativa do que sua contraparte nos demais universos.

“Não acho que tenha havido muito ímpeto para colocá-la nos outros dois filmes. Essa iteração do Homem-Aranha não começou contando a história da perda do tio Ben”, explicou Sommers quando questionado sobre a famosa frase. “Começamos de um lugar diferente com Peter. Essas palavras estão tão ligadas ao tio Ben, não parecia haver um lugar natural para isso. Não estávamos nem pensando necessariamente, ‘Oh, temos que fazer isso neste primeiro filme.’ Conforme a história começou a se desenvolver, e quando chegamos à cena com May, percebemos: ‘Este vai ser o tio Ben de Peter’, e as palavras vão sair.”

Mckenna ainda acrescentou que, com isso, os espectadores poderão perceber que mesmo que as três iterações do Peter Parker sejam diferentes entre si, há uma ligação entre elas. Foi isso que foi construído na emocionante cena no telhado, em que acontece a primeira reunião dos heróis.

“Para a cena no telhado, onde os três Peters se encontram, sentimos muito fortemente que precisamos de algo, finalmente, para deixar claro para esses três caras que eles são iguais, que são irmãos. E que eles estão ligados por uma forma cósmica, por algo, e fazer com que eles compartilhem essas palavras em comum pareceu a coisa certa a fazer.”

Mas e você? O que achou de May como o Tio Ben deste Peter Parker? Divida com a gente sua opinião nos comentários!

Aproveite e confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Nick Narukame

Graduada em Letras pela UFF, moradora do fim do mundo, escritora amadora e cosplayer sem talento. Dotada com o superpoder de fazer as piadas mais sem graça da face da terra. Se quiser alimentar, dê chocolate. || @narukamenick