Heróis Renascem: Liga da Justiça da Marvel sofre perda em nova HQ

Capa da Publicação

Heróis Renascem: Liga da Justiça da Marvel sofre perda em nova HQ

Por Junno Sena

Atenção: Alerta de Spoilers!

O Esquadrão Supremo é um assunto delicado da Marvel. Sendo mais conhecido como A Liga da Justiça da Marvel, o grupo criado pelo demônio Mefisto nunca ganhou muito destaque na editora, mas agora, com Heróis Renascem (2021), eles se viram precisando lidar com uma perda.

O Doutor Espectro, análogo do Lanterna Verde para a equipe, foi a baixa para o Esquadrão Supremo na edição #750 dos Vingadores. O evento que os trouxe de volta mostrava o esquadrão em uma linha alternativa em que eles eram os grande heróis da Terra ao invés dos Vingadores.

A reviravolta da morte de Espectro foi o seu assassino: a Princesa do Poder, sua colega de equipe.

Na edição, os dois heróis, junto de Blur, confrontaram a Viúva Vermelha, que tem sido uma antagonista frequente no roteiro de Jason Aaron. Enquanto Espectro tenta prender a vilã, a Princesa do Poder o mata, utilizando o Prisma do Poder para garantir os poderes dele para si mesma.

Princesa do Poder após matar o seu colega de equipe, Doutor Espectro

A nova parceria entre Blur, Princesa do Poder e Viúva Vermelha segue os planos de Falcão Noturno de tentar retornar a linha temporal de volta para a realidade dos personagens. Essa história será melhor explorada em Giant-Size Black Cat: Infinity Score #1 publicada dia 8 de dezembro nos Estados Unidos.

O grupo se torna mais um problema para os Vingadores, que já possui uma lista de vilões em sua cola após a formação multidimensional dos Mestres do Terror.

A edição de aniversário serviu de prelúdio para diversos enredos, dentre eles a edição Avengers Forever que será lançada dia 22 de dezembro.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.