Capa da Publicação

Por que George R. R. Martin está demorando tanto para lançar o sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo?

Por Paula Ramos

Pensar em Game of Thrones é pensar em um momento distante entre os anos de 2011 e 2019, tempo em que a série foi exibida pela HBO. Desde o fim do seriado, os fãs começaram a se perguntar quando os livros seguintes seriam lançados, uma pergunta que permanece sem resposta até os dias de hoje. Afinal, quando George R. R. Martin irá divulgar The Winds of Winter?

Ao longo dos últimos anos, o autor participou de diversas entrevistas relacionadas ao seriado original da HBO, onde a continuação dos livros era sempre posta em pauta. Em todas, a resposta permanecia sempre a mesma: o livro ainda não está pronto. A última atualização Martin sobre a escrita também não é animadora, com o autor revelando que ainda faltam “centenas de páginas” para serem escritas.

Já se passaram dez anos desde o último livro da série principal, o maior intervalo entre os lançamentos de As Crônicas de Gelo e Fogo. Alguns leitores ávidos de Martin chegaram a se questionar se The Winds of Winter seria lançado um dia ou se permaneceria na estante imaginária do autor, que segundo fontes, estaria passando por um bloqueio criativo (via Esquire).

Além de Ventos do Inverno, Martin planeja pelo menos mais um livro para finalizar as Crônicas de Gelo e Fogo.

Por que Ventos do Inverno está demorando tanto?

George Martin está enfrentando o que muitos autores e escritores definem como “bloqueio criativo”, um processo cujo título é autoexplicativo e se refere a um período onde o autor simplesmente não consegue produzir conteúdo. Enquanto alguns encontram inspiração para sair do bloqueio, outros permanecem com essa dificuldade por anos, o que parece ser o caso de Martin.

Uma analogia muito utilizada pelo autor também pode estar relacionada ao que ele vem enfrentando. Para ele, alguns autores são como arquitetos, estão sempre planejando e escrevendo com um fim pronto na cabeça. Outros, como ele mesmo, são como jardineiros: escrevem de forma espontânea, testando alguns capítulos e continuando a história caso eles combinem. Eles escrevem para encontrar respostas, ao invés de apenas sabê-las. Quando essas respostas não são facilmente encontradas, porém, isso pode se tornar um problema, algo que pode ter acontecido com Martin.

Como Martin pode quebrar o bloqueio?

Existem muitos métodos recomendados para acabar com o bloqueio criativo, como músicas para acalmar e concentração. No caso de Martin, por exemplo, um dos principais elementos que impactam sua escrita é o lugar onde ele escreve. Sua colega de profissão e escritora de Outlander: A Viajante do Tempo, Diana Gabaldon, já comentou sobre outras dificuldades do autor, e ele próprio revelou que não consegue escrever em hotéis ou na cadeira de um ônibus, como muitos outros autores.

Pouco antes da pandemia começar, Martin comentou em uma entrevista que precisa de um dia inteiro isolado, sem nada na agenda, para continuar sua escrita. O período de isolamento social parece ter rendido frutos em The Winds of Winter, pois o autor indicou que o livro poderia ser lançado ainda em 2021, embora não tenha dado garantias quanto à data.

Outro motivo dado por ele como justificativa pela demora do livro é a tão aguardada série derivada de Game of Thrones, House of the Dragon. O envolvimento de Martin no desenvolvimento do seriado ocuparia uma parcela de seu tempo que poderia ser destinada à escrita do livro, algo que pode estar afetando ainda mais o desenvolvimento de The Winds of Winter. O bloqueio criativo do autor e seu envolvimento em projetos paralelos do HBO Max inspirados em suas histórias podem ser parte da razão pela qual, mesmo após tanto tempo, o livro ainda não tem uma previsão de lançamento.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Paula Ramos

Aluna da Sonserina, moradora do Condado e uma aprendiz de Obi-Wan do Lado Sombrio. Futura CSI e Vingadora da Marvel, mas acima de tudo, uma variante do Loki perdida no multiverso | @p_lokerbatch