Capa da Publicação

Game of Thrones: Tamzin Merchant, a Daenerys original, fala sobre como foi gravar a série

Por Gus Fiaux

Game of Thrones foi finalizada há cerca de dois anos, deixando para trás um gosto amargo na boca dos fãs. Apesar disso, Emilia Clarke acabou saindo como uma das maiores estrelas da série, personificando o papel de Daenerys Targaryen, uma das personagens mais importantes e complexas da trama. E por mais que pareça difícil de acreditar, por pouco a personagem foi vivida por outra atriz – Tamzin Merchant – no piloto original da série que nunca foi ao ar oficialmente.

Em uma entrevista ao Entertainment Weekly, Merchant falou pela primeira vez sobre o piloto não-exibido da série. Ela explica que foi uma experiência bem desconfortável e que desistiu da ideia, mesmo contrariando “pessoas bem persuasivas” da produção. No fim, ela inclusive relembra um dos momentos mais desconcertantes das filmagens do episódio:

“Gravar aquele piloto foi uma ótima lição. Foi uma afirmação para que eu escutasse meus próprios instintos e seguisse-os, porque eu tentei sair daquela situação e, durante o processo de contratação, eu saí. Eu conversei com gente bem persuasiva. E então eu me encontrei nua e com medo no Marrocos, montada em um cavalo que estava claramente mais animado em estar ali do que eu.”

Tamzin Merchant hoje é mais conhecida por seus papéis em Carnival Row, Salem e Orgulho e Preconceito.

A atriz elabora um pouco mais sobre esse tema e sobre como aprendeu a seguir mais seus instintos em relação aos projetos que aceita desenvolver. Apesar disso, ela não tem nada além de elogios para falar sobre Emilia Clarke, que acabou assumindo o papel posteriormente. De acordo com ela, a atriz conseguiu fazer uma personagem muito icônica:

“Foi uma lição. Se meus instintos me diziam que uma história não era algo para o qual eu estava animada para contar, eu não devia tentar estar animada porque outras pessoas me dizem que eu deveria. Eu não tive nenhum treinamento como atriz, eu só tenho meus instintos. E o que me anima e o que me leva é uma história animadora e uma personagem animadora. Então, para mim, ‘Game of Thrones’ nunca foi isso. Eu acho que é um testamento para Emilia Clarke sobre ter feito aquele papel ter ficado tão icônico – ela obviamente estava animada para contar aquela história, e ela foi épica e excelente. Mas para mim, não era algo que estava em meu coração.”

Ainda assim, Merchant fala que foi interessante ver o rosto de Emilia Clarke em todos os lugares por onde ia, estampado em outdoors e ônibus: “Era meio divertido ir a audições em ônibus que tinham o rosto de Emilia Clarke estampado. Tipo ‘ah, meu modo de transporte é bem interessante hoje!'”

Tamzin atualmente está atuando em Carnival Row, em um dos papéis centrais. Ela também esteve em séries como Supergirl Salem – esta última inclusive um dos seus papéis mais reconhecidos e elogiados. Muito antes disso, ela ficou conhecida por participar de filmes de época baseados em clássicos da literatura britânica, tais quais Orgulho e Preconceito Jane Eyre. 

Todas as temporadas de Game of Thrones podem ser assistidas no HBO Go, além de estarem disponíveis em DVDBlu-Ray. A série também terá uma prequel, cujo título será House of the Dragon, que será lançada exclusivamente no HBO Max. Por enquanto, a plataforma de streaming ainda está indisponível no Brasil.

Abaixo, veja 10 coisas que poderiam ter sido diferentes no final de Game of Thrones:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux