Capa da Publicação

Fortnite: Emicida será o primeiro artista brasileiro a se apresentar no game

Por Arthur Eloi

Depois de nomes como Travis Scott, Ariana Grande e Marshmello, agora o rapper Emicida se apresentará dentro de Fortnite, fazendo sua estreia como o primeiro artista brasileiro a fazer uma performance virtual dentro do hit da Epic Games (via Ge).

O show do Emicida é parte da Série Onda Sonora, evento que contará com apresentações de artistas do mundo todo, como o egípcio Mohamed Hamaki, a australiana Tones And I, o japonês Gen Hoshino, entre outros.

Anteriormente, o Emicida já havia emprestado sua voz para Fortnite, servindo como DJ da rádio de hip-hop de um evento especial do battle royale em 2020. Agora, um ano depois, essa parceria parece ter dado um passo adiante.

Aliás, o Emicida é um dos artistas brasileiros com maior conexão aos games. O rapper já teve música na trilha sonora de Fifa 15, e também preparou uma faixa exclusiva para Max Payne 3, jogo de 2012 da Rockstar (GTA, Red Dead Redemption) que é ambientado na cidade de São Paulo.

Confira o teaser do evento abaixo:

Assim como os shows anteriores, o evento acontece no Modo Criativo, e os frequentadores ganharão itens exclusivos, como um spray inspirado por Mohamed Hamaki. Um gesto especial estará disponível na loja do game.

Spray que os participantes do evento Onda Sonora ganharão ao assistirem aos show no Fortnite

O evento começa a partir de 1º de outubro, às 15h, mas ainda não há data revelada para a performance do Emicida. Para quem perder os shows iniciais, haverá reprises ao longo dos dois dias seguintes, com conclusão prevista para 3 de outubro, às 15h.

Fortnite está disponível gratuitamente no PC, celulares (iOS e Android) e nos consoles Xbox One e Series S | X, PlayStation 4 e 5, e no Nintendo Switch. Há crossplay entre todas as plataformas.

Aproveite e confira:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117