Capa da Publicação

Final Fantasy: Produtor explica visual de protagonista de Stranger of Paradise

Por Melissa de Viveiros

Anunciado durante a E3 2021, Stranger of Paradise: Final Fantasy Origin promete levar a tradicional franquia da Square Enix em um rumo bastante diferente. Desta vez, a série ganhará um título mais sombrio, conectado à franquia principal mas com tom bastante diferente. Agora, em uma entrevista divulgada pela própria desenvolvedora, os responsáveis pelo projeto revelaram um pouco mais sobre o visual dos personagens, o combate no spin-off e sua conexão com o primeiro Final Fantasy.

A primeira coisa explicada por Tetsuya Nomura, Produtor Criativo do jogo, é que a ambientação dele se baseia em Final Fantasy I. Os fãs do título já haviam percebido essa conexão, tanto pela presença de Garland, o vilão da trama, quanto pela denominação do grupo de protagonistas como Guerreiros da Luz (Warriors of Light, no original). De acordo com Nomura, no entanto, essa conexão não é direta, e o novo jogo não será uma sequência.

Questionado sobre essa conexão, ele diz:

“Isso mesmo. É uma nova história que usa Final Fantasy I como inspiração, ao invés de ser diretamente conectada ou equivalente. A versão de teste conta com o Templo do Caos, que você visitará por volta do começo do jogo — o que é semelhante à progressão em Final Fantasy I também.”

O produtor também comentou sobre outros aspectos que levantaram questionamentos e reclamações, como o visual do protagonista. É comum que o público apresente críticas quanto às roupas exageradas ou cheias de detalhes dos personagens da franquia, mas desta vez as reações foram opostas, com muitas reclamações em relação à simplicidade e modernidade do visual. Nomura afirmou que isso não é por acaso, dizendo:

“Sim, as pessoas provavelmente imaginam personagens que parecem com o emblemático Guerreiro da Luz quando pensam em Final Fantasy I, mas como você disse, se você conhece a premissa de Final Fantasy I, você pode achar algumas pistas nos designs de Jack e dos outros.

As roupas iniciais de Jack e seus aliados não são nada além de uma dica para mostrar que eles não são desse mundo. Elas não representam nada sobre o caráter deles. Como em outros jogos onde você pode mudar seu equipamento, esse é apenas seu estado simples. Talvez.”

Questionado pelo entrevistador se o objetivo seria fazer com que eles não parecessem heróis, o produtor respondeu:

“Isso mesmo. A razão por trás da aparência de Jack é puramente conectada à história. Da mesma forma, tem um significado por trás de todos os seus nomes. Mas isso seria um spoiler, então vou guardar isso para outro momento.”

A divulgação do jogo já mostrou o protagonista com outros equipamentos além de sua roupa inicial.

A equipe também explicou que o jogo surgiu do desejo de trazer mais do gênero de ação para a franquia, equilibrando o combate mais desafiador com uma história digna de um RPG. Daisuke Inoue, diretor do projeto, contou que um dos objetivos é apresentar o gênero a mais pessoas através de uma obra mais acessível, ao mesmo tempo em que fãs do gênero terão a oportunidade de conhecer a franquia Final Fantasy. Ele explicou:

“Se nós fizéssemos um jogo punitivo, então só jogadores que ativamente procuram esse tipo de jogo iriam jogar.

Um dos nossos objetivos em combinar Final Fantasy com esse tipo de gênero de ação desafiador era tornar esse tipo de jogo mais acessível. Nós queremos fazer um jogo onde jogadores podem experimentar quão recompensadores jogos de ação podem ser, então nosso grande objetivo era desenvolvê-lo como “desafiador” ao invés de “punitivo”.

É claro, também esperamos que seja uma boa oportunidade para os fãs dos jogos de ação experienciarem Final Fantasy também.”

Ao fim da entrevista, a equipe prometeu que a história da versão final contará com muito mais personagens e profundidade, além de reafirmar que o jogo em si será bem mais amplo. Atualmente, a versão de teste está disponível para os usuários do PS5, tendo sido estendida até o dia 26 de junho devido aos problemas técnicos no início do período de teste.

Stranger of Paradise: Final Fantasy Origin tem lançamento previsto para 2022.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || What is infinite? The universe and the greed of men. || @windrunning_