Capa da Publicação

Ex-empregado da MAPPA acusa estúdio de ter más condições de trabalho

Por Gus Fiaux

Quem é fã de animes sabe que a dinâmica dos estúdios é algo complicado, já que muitos exercem uma certa pressão sobre seus empregados e animadores, especialmente quando há um volume grande de conteúdo sendo produzido. O Estúdio MAPPA sempre foi uma referência para diversos fãs, produzindo obras como Attack on Titan e Jujutsu KaisenContudo, um ex-empregado acaba de denunciar as péssimas condições de emprego na produtora.

Mushiyo – como é identificado – é um animador freelancer, que trabalhou na produção da quarta temporada de Attack on Titan. Em um artigo publicado pelo Anime News Network, o animador explicou o ambiente tóxico de trabalho no Estúdio MAPPA, e como isso interferiu diretamente na sua vida profissional. Ele explicou tudo em uma série de tweets, mas seu perfil foi trancado e não temos acesso a essa thread.

Nos tweets, Mushiyo começou se questionando sobre sua própria decisão de ter se juntado ao Estúdio MAPPA. Em seguida, ele comentou sobre como a rotina de trabalho na produtora era insana, criticando o MAPPA por ter aceitado produzir quatro animes de grande porte ao mesmo tempo (Attack on Titan, Jujutsu Kaisen são alguns dos exemplos), o que tornava a vida dos artistas um verdadeiro inferno.

Estúdio é conhecido por animes como Jujutsu Kaisen, The God of High School e Attack on Titan.

Mushiyo relata que, durante seu período no estúdio, passava a maior parte do tempo corrigindo artes de terceiros do que animando em si. De acordo com ele, isso acontecia porque os freelancers e os novatos no estúdio não recebiam treinamento apropriado, por conta do grande volume de trabalho que tinham em mãos. Por conta disso, ele decidiu se demitir da produtora.

O ex-empregado ainda disse que essas reclamações circulavam entre “80% da equipe na época”, sugerindo que há mais animadores e artistas insatisfeitos com o ritmo de trabalho e as condições oferecidas pelo Estúdio MAPPA. Até o momento, a produtora não respondeu às críticas e deve se manter em silêncio por mais tempo, uma vez que não tem o costume de usar as redes sociais para esse tipo de postagem. Enquanto isso, aguardamos pelas cenas dos próximos capítulos dessa confusão.

Abaixo, veja as mortes mais tristes de Attack on Titan:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux