Capa da Publicação

Estúdio responsável por Evangelion tomará ações legais após ameaças de fãs

Por Gus Fiaux

Lançado no começo deste ano, no Japão, Evangelion 3.0+1.0 veio para expandir o universo de Neon Genesis Evangelion em grande estilo. O filme está sendo muito elogiado pela crítica especializada e por uma boa parcela dos fãs, mas também encontrou seus detratores por conta de algumas decisões criativas – e isso está tomando proporções severas, conforme membros do estúdio responsável pela animação estão recebendo ameaças de morte.

Porém, em um novo pronunciamento publicado no Twitter oficial da franquia, o Studio Khara – responsável pela produção do longa e de todos os filmes anteriores de Evangelion – anunciou que tomará medidas legais contra os fãs que estão agindo de tal forma. Eles agradecem aos apoiadores, mas indicam a quantidade estrondosa de ameaças e postagens caluniosas que estão recebendo nos últimos meses.

As ameaças começaram depois que os teasers trailers do filme mostraram um romance se desenrolando entre dois personagens. Muitos fãs ficaram insatisfeitos com o casal e estão descontando suas frustrações na internet. É muito importante lembrar que os estúdios de animação do Japão estão em vigília constante desde que a sede da Kyoto Animation (responsável por animes como K-On! Clannad) foi incendiada em 2019, após ameaças virtuais.

Filme tem causado rebuliço no Japão.

Abaixo, você pode ler a declaração postada no Twitter oficial de Evangelion:

“Primeiramente, gostaríamos de mostrar gratidão pelo apoio contínuo que vocês têm dado a ‘Evangelion 3.0+1.0’. Nós confirmamos que tem acontecido atos de ameaças, calúnia e sugestão de crimes contra os indivíduos envolvidos na produção do filme, na forma de más representações do conteúdo do filme e comunicados midiáticos ligados a ele. Esse trabalho foi feito majoritariamente pela Khara, inc. (Studio Khara) através do esforço colaborativo de vários membros da equipe. E nós levamos a sério as opiniões do público de todas as nossas criações fictícias. Contudo, nós fortemente protestamos contra o linchamento, ameaças, calúnias e sugestões de intenção criminosa e qualquer outra coisa que diminua a dignidade das pessoas, que venha por conta de interpretações pessoais, ilação ou insatisfação com o conteúdo [do filme]. Em adição, estamos deixando claro que não hesitaremos em tomar ações legais e procurar compensação pelos danos e declarações que claramente constituem difamação, ameaças, ameaças de morte e quaisquer outros crimes. Para casos domésticos, iremos reportar tais ações à Agência de Polícia Nacional do Japão. Em casos internacionais, acionaremos as agências de investigação nos respectivos países.”

Na trama de Evangelion 3.0+1.0, vemos Shinji Ikari à deriva após ter perdido a vontade de viver – mas ele chega a um lugar que o ensinará o significado de esperança. Além disso, o Projeto de Instrumentalidade Humana é finalmente colocado em ação e a Wille fará um último esforço para tentar previnir o Impacto Final.

Evangelion 3.0+1.0 estreou em março no Japão. Ainda não sabemos se o filme ganhará um lançamento no Brasil.

Abaixo, relembre os melhores momentos de Neon Genesis Evangelion:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux