Capa da Publicação

Esquadrão Suicida ganhará novo líder inesperado nas HQs

Por Evandro Lira

Atenção: Alerta de Spoilers!

O primeiro volume da nova fase do Esquadrão Suicida apresentou uma formação da Força-Tarefa X que inclui o Pacificador, Shrike, Cinemaníaco e Bolt, mas uma ausência foi sentida rapidamente. Geralmente líder de campo da equipe, Rick Flag foi rebaixado por Amanda Waller, que informa ao rapaz que agora ela está de olho em um novo capitão para o grupo.

Waller deixa claro que está cansada de perder e que não quer mais Rick Flag na liderança do Equadrão Suicida. Mesmo assim, Flag tenta passar pela autoridade de Waller e tenta dar ordens ao Pacificador, o que resulta na mulher atacando Flag e prendendo-o em uma cela.

Preso, Flag ouve Wallder dizer: “Você é como todo mundo na Força-Tarefa X. Substituível. Tenho outra pessoa que pode liderar esta equipe.” Depois disso, ela entra em uma nova cela onde Superboy está preso em correntes de kriptonita. Em nenhum momento ela diz claramente que quer Connor Kent como líder do Esquadrão Suicida, mas sua intenção fica implícita rapidamente.

Capa de Esquadrão Suicida #2

O Superboy fala para Waller que ele não cometeu nenhum crime e que não deveria estar preso, a que Waller retruca dizendo: “Sua própria existência é um crime.”

Com base na capa e na sinopse do volume dois de Esquadrão Suicida, sabemos que Waller vai conseguir escalar o Superboy e que sua primeira missão será resgatar o Pacificador no Asilo Arkham e soltar Talon, o famoso assassino da Corte das Corujas.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira