Capa da Publicação

Doutor Estranho: Kevin Feige se arrepende de escalar Tilda Swinton como Anciã

Por Gabriel Mattos

Às vezes erramos tentando acertar e não seria diferente com Kevin Feige. Em entrevista à Men’s Health, o produtor que supervisiona todo andamento do Universo Cinematográfico da Marvel confessou se arrepender de ter escolhido Tilda Swinton para o filme do Doutor Estranho (via Hollywood Report).

Feiticeira Suprema

A atriz interpretou brilhantemente o papel da Anciã, a sábia feiticeira que introduz pacientemente Stephen Strange ao mundo da magia. Ela retorna em Vingadores: Ultimato quando Bruce Banner volta no tempo e explica os perigos de distúrbios temporais para o cientista.

Se no final Tilda acabou entregando uma performance tão satisfatória, você pode estar se perguntando o motivo de Kevin Feige questionar sua decisão. A questão é que, nos quadrinhos, o personagem apresenta uma aparência completamente diferente: ele era um velho homem asiático.

A Anciã de Tilda Swinton guiou Stephen Strange a se tornar o Doutor Estranho

Embranquecimento Ancião

O Ancião foi criado em uma época que os escritores de quadrinho tinham uma visão muito limitado do povo asiático. A maioria dos personagens masculinos se encaixava no estereótipo de vilão místico ou um guia espiritual cuja única função é ajudar o protagonista em sua jornada.

Para atualizar o personagem para o filme, Feige decidiu escalar para um papel que originalmente seria ocupado por uma celebridade asiática, uma mulher europeia mundialmente famosa. Um erro que ficou mais claro com a chegada de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis.

“A gente achou que estava sendo inteligente e tão transgressor. Não vamos fazer o clichê do asiático velho e mágico. Mas foi um tapa na cara perceber ‘Bem, pera aí… Tem algum outro jeito de resolver isso? Tem outro jeito de não cair no clichê e ainda escalar um ator asiático ao mesmo tempo?’ E é claro que a resposta é sim.”

Escalar uma atriz asiática resolveria facilmente o problema

Esse assunto ficou mais relevante este ano após uma onda de ataques na América do Norte contra a população asiática, que desencadeou o movimento “Stop Asian Hate” que luta por respeito para imigrantes e descendentes de asiáticos.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, o primeiro filme protagonizado por um ator asiático na Marvel, estreia no dia 3 de setembro.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse