Entenda a diferença entre o Estalar de Dedos e o Blip nos filmes da Marvel

Capa da Publicação

Entenda a diferença entre o Estalar de Dedos e o Blip nos filmes da Marvel

Por Melissa de Viveiros

Atenção: Alerta de Spoilers!

O Universo Cinematográfico da Marvel foi construído com grande cuidado ao longo dos anos, preparando toda uma saga que culminou nos eventos de Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato. Mas, assim como os eventos destes dois grandes filmes foram construídos pelo que veio antes, agora o que ocorreu neles ainda reverbera através do MCU – fato que é muito visível quando se trata do famoso Estalar de Dedos de Thanos.

As ações do titã tiveram grandes impactos, e embora tenham sido revertidas em grande parte, as consequências não deixam de existir. Isso começou a ser abordado nos filmes com Homem-Aranha: Longe de Casa, primeiro filme do MCU após Ultimato. Foi então que o público foi apresentado ao termo Blip pela primeira vez, embora ele tenha retornado às telinhas no lançamento mais recente da Marvel, WandaVision, quando a série contou a história de Monica Rambeau.

Não ficou claro para todos, porém, que existe uma diferença entre o Estalar de Dedos e o Blip, nem em que essa diferença consiste. Por isso, vamos explicar os eventos relacionados às duas coisas, para que não reste dúvida alguma sobre o assunto. Vamos começar?

O Estalar de Dedos

Thanos em Vingadores: Guerra Infinita.

Guerra Infinita conta a história de Thanos, mostrando sua campanha para conquistar as seis Jóias do Infinito de modo a conseguir completar seu principal objetivo: apagar metade da vida no universo. Quando o filme começa, a cruzada de Thanos já está em progresso, e o vilão já possui a Manopla do Infinito e a Jóia do Poder, obtida por ele em Xandar, após derrotar a Tropa Nova. Ainda no princípio de Guerra Infinita, ele obtém a Jóia do Espaço, e os eventos subsequentes mostram seu caminho até as outras quatro Jóias.

Ao final do filme, Thanos conquista as seis Jóias, conseguindo então o poder para realizar seu objetivo. O vilão então estala os dedos, utilizando o poder da Manopla para dizimar metade da vida de todo o universo, o que leva seres vivos a desaparecerem de maneira aleatória. A Terra se tornou o Marco Zero dessa enorme descarga de poder, e mais 3 bilhões de pessoas foram apagadas da existência no planeta, embora ele não tenha sido o único afetado.

O evento teve consequências desastrosas, deixando governos em estado de completo caos, crianças órfãs e inúmeras pessoas psicologicamente abaladas pelo desaparecimento abrupto daqueles próximos a elas. Os sobreviventes através do universo não puderam fazer nada, tendo que aceitar a realidade imposta a eles por Thanos, uma vez que não foram capazes de impedi-lo.

É ao evento climático de Guerra Infinita e suas subsequentes consequências que o termo “Estalar de Dedos” se refere. Dessa forma, o Estalar de Dedos está relacionado à primeira metade dos dois filmes focados no conflito com Thanos e ao sucesso do vilão em seu propósito, sendo também chamado de a Dizimação por causa dos efeitos que as ações dele tiveram por todo o universo.

O Blip

Bruce Banner com a nano-manopla feita por Stark em Vingadores: Ultimato.

Já os eventos relacionados ao Blip ocorreram cinco anos após o Estalar de Dedos, sendo resultado da tentativa dos Vingadores de reverter as ações de Thanos. Uma vez que o vilão destruiu a manopla e as Jóias após ter completado seu objetivo, foi necessário que os heróis viajassem no tempo e retornassem ao passado para adquiri-las, utilizando uma nano-manopla construída por Tony Stark para usar seu poder.

Com as Jóias em mãos, foi decidido que Bruce Banner seria o escolhido para empunhar a nova manopla, revertendo os efeitos do Estalar de Dedos e trazendo a vida dizimada por Thanos de volta. Banner foi bem sucedido, e todos aqueles que haviam sido apagados retornaram para o local mais próximo de onde desapareceram onde estivessem a salvo. Outras vidas tiradas em decorrência das ações do vilão ou perdidas durante as tentativas dos heróis de corrigir a situação, no entanto, não puderam ser retornadas.

É este segundo estalo de dedos, realizado por Banner, bem como os resultados e principalmente o retorno dos desaparecidos, que se chama de Blip. O termo foi introduzido em Homem-Aranha: Longe de Casa, que também o estabelece como o nome dado a este evento em particular. Em WandaVision, a referência ao Blip ocorre no episódio 4, quando a história de Monica Rambeau é contada a partir do momento em que ela retorna, sendo “blipada” de volta à vida.

De acordo com Jac Schaeffer, showrunner da série, a escolha de mostrar a personagem neste momento foi feita por diversos motivos, entre eles visando estabelecer mais diretamente quando WandaVision se passa em relação ao MCU, bem como mostrar um pouco das consequências do retorno de todas essas pessoas após cinco anos. O tom escolhido para a série, mais sério, e o caos do momento em que o Blip ocorre, foram propositalmente diferentes da abordagem anterior em Homem-Aranha: além de querer dar maior peso a um evento tão grande, Schaeffer afirmou querer estabelecer um tom diferente dos episódios anteriores de WandaVision.

Diferenças?

Monica Rambeau retornando à vida após o Blip, em WandaVision.

Como fica claro por conta das definições, o Blip e o Estalar de Dedos estão profundamente relacionados, mas não são a mesma coisa, sendo um consequência do outro. O Blip só ocorreu porque as ações de Thanos foram bem sucedidas, fazendo com que metade da vida do universo desaparecesse, e então pudesse retornar uma vez que os esforços dos Vingadores obtiveram sucesso.

Esta, no entanto, não era a ideia inicial de Feige e da Marvel. De acordo com o presidente da Marvel Studios, “Estalar de Dedos” foi um termo criado pelos fãs, e a produção sempre se referiu ao primeiro evento e desaparecimento das pessoas como “Blip”. No entanto, Feige repensou o assunto e decidiu estabelecer a diferença entre os termos, explicando em uma entrevista dada ao Fandango a resposta que encontrou para diferenciar os dois:

“Reduzimos isso para, o Estalar de Dedos é quando todos desapareceram ao fim de Guerra Infinita. O Blip é quando todo mundo volta ao fim de Ultimato… e é assim que reduzimos as definições.”

A definição de Feige deixa as coisas bastante simples, estabelecendo, assim, que o Estalar de Dedos é o primeiro, realizado por Thanos e que dizimou metade do universo, enquanto o Blip se refere ao segundo, realizado por Banner, que reverte os efeitos do Estalar de Dedos.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || Mais obcecada pela lore de WoW do que é saudável. || @windrunning_