Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – Fundador do estúdio do anime é sentenciado por sonegação de impostos

Capa da Publicação

Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba – Fundador do estúdio do anime é sentenciado por sonegação de impostos

Por Junno Sena

Desde o lançamento de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, a qualidade técnica e seu roteiro transformaram o anime em um clássico na indústria. Tanjiro, o protagonista, virou mais um ícone heroico ao lado de personagens como Goku e Naruto. Mas, aparentemente, isso não foi capaz de ajudar com as dívidas criadas pelo Estúdio Ufotable, cujo fundador foi sentenciado por sonegação de impostos.

O presidente e fundador do estúdio, Hikaru Kondo, foi acusado em 2019 de desviar dinheiro de um fundo de caridade que foi criado para ajudar as vítimas do tsunami de Touhoku, em 2011. As acusações se estendiam também a sonegação de impostos dos lucros gerados através de cafés e mercadorias promocionais de Demon Slayer.

Agora, com recentes atualizações do caso disponibilizadas pela Crunchyrollo fundador foi declarado culpado por ter violado diversas leis de impostos do Japão. De acordo com Kondo, ele estava protegendo o estúdio da indústria, apesar de parte do dinheiro ter ido, também, para o seu bolso.

O valor sonegado por Hikaru chegou a cerca de 138 milhões de ienes – quantia que equivale a 1,25 milhão de dólares – e de acordo com as acusações, ele “direcionou a companhia a cometer, repetidamente, fraude quando os lucros estavam altos” (via Anime News Network).

Após o veredito do caso, o dono da Ufotable foi sentenciado a 20 meses de prisão e três anos de liberdade condicional, o que significa que nesse período, caso ele retorne a quebrar alguma lei, ele irá retornar a penitenciária.

Hikaru Kondo presidente e fundador do estúdio

Em sua defesa, Kondo falou sobre a demanda do público por uma melhora na qualidade da produção, mesmo após o sucesso de um anime. Com isso, o custo cresce mas o retorno financeiro continua relativamente baixo, causando sempre uma dívida e colocando o empreendimento no vermelho.

“Se um anime não se torna um hit, as pessoas não compram produtos promocionais ou vão até os cafés, então sempre que trabalhamos para fazer um anime ser popular, acabamos ficando em vermelho”, disse Kondo.

A nova temporada de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba está disponível na Crunchyroll e Funimation.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.