Darkhold: Vespa ganha visual bizarro em nova HQ da Marvel

Capa da Publicação

Darkhold: Vespa ganha visual bizarro em nova HQ da Marvel

Por Chris Rantin

Em breve teremos mais um evento grandioso chegando na Marvel e ele trará grandes mudanças em diversos heróis. Em Darkhold, o Livro dos Condenados caiu nas mãos do Doutor Destino, por isso a Feiticeira Escalarte juntou um grupo de Vingadores para tentar proteger o multiverso desta ameaça. No entanto, assim como Blade e o Homem de Ferro, a Vespa vai passar por uma transformação assustadora, ganhando um aspecto bem mais sombrio nas HQs.

Como os fãs já sabem, o Darkhold foi escrito por Chthon, uma divindade maléfica bem poderosa. Para combater o Doutor Destino, os Vingadores terão que entrar na dimensão da entidade e, para piorar a situação, ler o livro amaldiçoado. Correndo o risco de enlouquecerem e serem modificados drasticamente, os heróis precisam superar a própria escuridão para salvar o multiverso das trevas.

Em Darkhold  Wasp#1, escrita por Jordie Bellaire e com a arte de Claire Roe, veremos Janet, a Vespa original, assumindo uma aparência terrível e assustadora. A sinopse oficial da HQ focada na primeira Vingadora diz:

“A Feiticeira Escarlate escolheu Janet Van Dyne por sua engenhosidade e força, mas ela provará ser o eixo na batalha que se aproxima contra Chthon ou será consumida pela escuridão? Depois de ler o Darkhold, a vida inteira da Vespa é questionada, mas ela tem o poder de reclamar sua própria história… E enfrentar isso.”

Na capa da HQ vemos Janet com um visual mais sombrio, com espinhos surgindo dos ombros e olhos brilhando em vermelho. De suas mãos temos uma energia avermelhada que cresce em espiral, enquanto que ao fundo — em preto e branco — vemos os Vingadores com expressões assustadas.

Janet terá que confrontar sua vida inteira em Darkhold Wasp

Mas esse não é o visual mais assustador da heroína. Junto com a capa a aparência “contaminada” pelo Darkhold também foi divulgada. Dessa vez a heroína abraça a selvageria e o lado mais bizarro de seu nome heroico, tendo pares de asas que brotam de suas costas — com sangue escorrendo de onde as asas cortam a pele para desabrocharem. Em suas pernas e ombros temos ferrões afiados, o que combina com suas garras enormes. Como se isso não fosse o bastante, a boca da heroína aparece rasgada de uma forma horripilante, dando espaço para pinças da mandíbula de uma vespa. Confira:

Vespa Contaminada pelo Darkhold

E aí, animados para o evento?

Veja também 10 histórias que podemos ver em um terceiro filme do Homem-Formiga e a Vespa:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"