CEO da Activision Blizzard se pronuncia sobre as acusações de assédio e sexismo na empresa

Capa da Publicação

CEO da Activision Blizzard se pronuncia sobre as acusações de assédio e sexismo na empresa

Por Gus Fiaux

Recentemente, a Activision Blizzard foi processada pelo Departamento de Trabalho e Habitação Justos do estado da Califórnia, após uma onda de acusações de assédio, sexismo, discriminação e “comportamento de fraternidades” nos empregados homens da empresa, enquanto mulheres passam por desigualdade salarial e outras humilhações. Após a notícia, o CEO da empresa, Bobby Kotick finalmente se manifestou em um pronunciamento oficial.

O empresário publicou uma carta no site oficial da Activision Blizzard, onde comentou as acusações, prometendo melhorias no futuro e uma ampla investigação conduzida pela firma jurídica WilmerHale. Em um trecho pequeno da declaração, Kotick disse que ações estão sendo tomadas e que discriminação e assédio não são tolerados dentro da empresa:

“Nós estamos rapidamente tomando ação para sermos a companhia compassiva e cuidadosa para a qual você veio trabalhar, e queremos assegurar um ambiente seguro. Não há lugar na nossa empresa para discriminação, assédio ou tratamento desigual de qualquer tipo.”

Bobby anunciou uma série de iniciativas para que todo o caso fosse solucionado e não voltasse a se repetir no futuro. Ele determina que a investigação da WilmerHale será bem extensa e funcionários podem fazer denúncias com total sigilo e discrição. Além disso, eles farão mudanças em sistemas de base da empresa, como contratação, abrindo as portas para que cada vez mais diversidade esteja presente no ambiente de trabalho, além de realizar alterações em games que trazem conteúdos ofensivos ou insensíveis. 

Funcionários da Activison Blizzars se mobilizam em uma greve que tem início nesta quarta-feira (28)

Em suma, Bobby Kotick reconhece os erros da empresa e se desculpa pela má gerência em meio às denúncias. Hoje, dia 28 de julho, vários funcionários anunciaram que vão entrar em greve por melhorias na estrutura e na hierarquia da Activision Blizzard, em protesto aos diversos casos de assédio registrados. Toda essa polêmica pode afetar os novos jogos da empresa, como Overwatch 2 Diablo IV.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux