Capa da Publicação

Cats: Criador do musical original revela como superou o fracasso do filme

Por Paula Ramos

Cats, filme inspirado no musical da Broadway de mesmo nome criado por Andrew Lloyd Webber, foi um verdadeiro fiasco de bilheteria em 2019. O impacto na vida do compositor e produtor foi tão grande, que ele confessou à NY Post ter comprado um cachorro depois de assistir ao filme musical.

Ao longo de muito tempo, Cats foi a peça que ficou por mais tempo em cartaz na Broadway, um título que hoje pertence a O Fantasma da Ópera, obra do mesmo compositor. Apesar disso, a adaptação cinematográfica do musical se tornou um grande fracasso em bilheteria, críticas e mesmo entre o público. Na entrevista, Webber comentou a situação, confessando ter lidado com o fracasso do filme comprando um cachorro, um filhote da raça Bichon Havanês.

“Tudo em Cats estava completamente errado. Não houve qualquer compreensão do porquê das músicas funcionarem. Eu vi isso e só pensei, ‘Meu Deus, não’. Foi a primeira vez em meus 70 e poucos anos neste planeta em que eu decidi comprar um cachorro. Então, a coisa boa que saiu disso foi meu filhotinho havanês”

O filme foi dirigido por Tom Hooper, e logo se tornou um marco negativo entre os filmes de 2019. Como resultado, o longa ganhou o Framboesa de Ouro em 2020, prêmio humorístico dedicado aos piores lançamentos do ano, além de ter virado piada na cerimônia do Oscar.

Webber e seu mais novo melhor amigo.

O criador de Cats aproveitou para contar o desafio que enfrentou para levar seu cachorro durante a viagem à Nova York, local onde aconteceu a entrevista:

“Eu escrevi [às autoridades] e disse que precisava dele comigo sempre pois tenho problemas emocionais e preciso desse cachorro terapêutico,” disse Webber. “A linha aérea escreveu de volta e disse, ‘Você pode provar que realmente precisa dele?’. E eu disse, ‘Sim, apenas vejam o que Hollywood fez ao meu musical, Cats’. Então a aprovação veio com um bilhete que dizia, ‘Nenhum parecer médico necessário’.”

Cats chegou aos cinemas mundiais em dezembro de 2019 e contou com um elenco recheado de estrelas de Hollywood, como Judi Dench, Ian McKellen, Idris Elba, Jennifer Hudson, Taylor Swift, Rebel Wilson e Jason Derulo. Nem mesmo a reputação de cada membro do elenco foi o suficiente para salvar o filme da reputação negativa que teve, no entanto, mas pelo menos a situação deu a Andrew Lloyd Webber um novo melhor amigo.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Paula Ramos

Aluna da Sonserina, moradora do Condado e uma aprendiz de Obi-Wan do Lado Sombrio. Futura CSI e Vingadora da Marvel, mas acima de tudo, uma variante do Loki perdida no multiverso | @p_lokerbatch