Call of Duty: Activision é processada por plágio

Capa da Publicação

Call of Duty: Activision é processada por plágio

Por Gus Fiaux

Call of Duty: Modern Warfare talvez seja um dos jogos mais populares e reconhecidos da franquia. Lançado em 2019, trata-se do décimo sexto da franquia Call of Duty e um reboot da linha Modern Warfare. O jogo continua bem querido pelos fãs, mas agora acaba de se tornar o alvo de um processo por plágio, envolvendo a personagem Operator Mara.

De acordo com documentos obtidos pela TorrentFreak, o artista e fotógrafo Clayton Haugen acaba de movimentar um processo por plágio contra a Activision, Infinity Ward e a Major League Gaming Corp. De acordo com ele, Mara teria sido completamente copiada de sua criação, a personagem Cade Janus, uma protagonista da sua história November Renaissance. 

A acusação conta que Clayton teria contratado uma atriz e streamer chamada Alex Zedra, ainda em 2017, para produzir fotos que criassem o visual de Cade, pronto para ser utilizado em materiais promocionais e campanhas de November Renaissance. Contudo, quando Call of Duty: Modern Warfare foi lançado em 2019, Mara teria o visual completamente baseado nas fotos do artista. Para nível de comparação, temos as fotos a seguir:

Personagem do jogo teria sido copiada

O curioso de tudo isso é que as acusações não são feitas apenas com base em visual. Quando produzia CoD: Modern Warfare, a Activision também teria entrado em contato com Alex Zedra para criar a Operator Mara. Não só isso, mas há também indícios de que o estúdio pediu que ela usasse os mesmos figurinos e acessórios usados na sessão de fotografias com Clayton Haugen. Até mesmo a maquiadora contratada para compor o visual de Cade Janus foi chamada para fazer a maquiagem de Mara, além de ter sido instruída a usar as mesmas extensões de cabelo em Zedra.

Agora, Haugen está procurando “todas as remediações monetárias pelas infrações dos acusados, incluindo todos os lucros ganhos com tais infrações”, além de dinheiro para pagar os custos judiciais. Ainda não sabemos muito sobre qual será a repercussão do caso, mas parece uma causa ganha (levando em conta apenas as provas apresentadas até o momento). Haugen solicita que seu caso seja avaliado e julgado por um júri.

Haugen is seeking “all monetary remedies from Defendants’ infringement, including all of their profits attributable to their infringements,” as well as his attorney fees. The plaintiff is also requesting a trial by jury for the case.

Abaixo, fique com 10 curiosidades sobre o modo Zombies de Call of Duty:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux