Boruto: Mangá explica fraquezas dos poderes de Eida

Capa da Publicação

Boruto: Mangá explica fraquezas dos poderes de Eida

Por Melissa de Viveiros

Após a derrota de Jigen, a história de Boruto: Naruto Next Generations está organizando as peças para o próximo grande arco da série. Enquanto a Kara passa por algumas reestruturações de liderança, o público vem sendo apresentado a novos personagens, que prometem dar muito trabalho aos heróis da história. A principal novata é Eida, uma garota misteriosa e extremamente poderosa que se uniu à organização recentemente. Mas o mangá também revelou que mesmo os incríveis poderes dela tem limites, explicando seus pontos fracos ao longo do capítulo (via ComicBook).

Diferente de outras grandes ameaças vistas em Naruto e Boruto, Eida vem se consolidando como uma ameaça não por possuir grande talento em batalha, e sim pelo que é capaz de fazer sem sequer ter que lutar. A personagem é capaz de ver todos os eventos ocorrendo ao seu redor tanto no presente quanto no passado. O que a torna ainda mais perigosa é sua habilidade de fazer qualquer um se apaixonar por ela instantaneamente, algo que permitiria que ela neutralizasse quase qualquer um que ficasse em seu caminho sem sequer precisar enfrentá-los.

Apesar disso, existem limites para o que a jovem é capaz de fazer. Embora consiga se manter consciente do tempo presente enquanto vasculha o passado, ela explica a Code que não é realmente onisciente. A personagem não consegue ver eventos do passado que ocorreram antes de seu nascimento, nem ver o futuro. Assim, embora possua um vasto conhecimento e percepção muito além das pessoas comuns, ela não sabe de tudo.

Já sua habilidade de fazer com que as pessoas se apaixonem por ela é menos restrita. Seu charme atinge tanto homens quanto mulheres, mas não pode influenciar os Otsutsuki ou pessoas com quem tem parentesco. Ainda que não existam muitas pessoas resistentes a este poder, aquelas que o são podem ser grandes obstáculos no caminho de Eida.

Em parte, esta limitação a motiva a se aliar a Code. Por causa de seu poder, a garota não teve a chance de viver um romance real, mas espera mudar isso ao conhecer aqueles que não seriam influenciados por seu charme. Já que Kawaki possui uma conexão com os Otsutsuki, ela espera conhecê-lo e poder se apaixonar sem que seus poderes interfiram. Assim, a jovem passa a trabalhar com a Kara, visando encontrar Boruto e Kawaki.

Eida aceita uma aliança com Code.

Quem é Eida?

Introduzida no capítulo 57 do mangá, Eida é uma personagem com conhecimento vasto que se juntou à Kara recentemente. Inicialmente, a garota está em um estado adormecido, do qual é acordada quando Code a encontra. Descrita como “aquela que sabe tudo nesse mundo”, ele a busca por querer respostas, visando se preparar para vingar Jigen. Sua tentativa de extrair informações da jovem, no entanto, não ocorre como o esperado, já que ele acaba se apaixonando por ela involuntariamente.

Ainda assim, Code consegue uma das respostas que desejava, mesmo que não seja o que ele queria ouvir. O personagem faz com que Eida diga como ele pode retirar o limitador que restringe seus poderes, uma vez que planeja matar Naruto e Sasuke. Ela explica que apenas Amado, o cientista que deixou a Kara, é capaz de fazer isso. Apesar de não ser a resposta simples que ele queria, a informação não deixa de ser uma pista que pode ser aproveitada no futuro.

O envolvimento do cientista também torna a nova personagem mais aberta a uma aliança. Ela conta que seus poderes foram criados pelo cientista, o que a leva a se ressentir dele por tudo que perdeu. Eida reitera sua vontade de experienciar o “amor comum”, dizendo que Amado roubou isso dela.

Desse modo, a dupla estabelece uma aliança. Trabalhando juntos, deve ser difícil para Boruto e Kawaki lidarem com a ameaça que a dupla pode se tornar. O interesse da garota neste último, porém, pode acabar levando a personagem para outro caminho no futuro.

O que você acha que vem por aí para Eida? Comente!

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || What is infinite? The universe and the greed of men. || @windrunning_