Avatar A Lenda de Aang: Novos filmes animados serão em computação gráfica

Capa da Publicação

Avatar A Lenda de Aang: Novos filmes animados serão em computação gráfica

Por Gabriel Mattos

O anúncio de novas produções no universo de Avatar: A Lenda de Aang deixou os fãs esperançosos, mas o futuro da franquia deve ser bem diferente do que imaginamos. De acordo com o presidente da Nickelodeon, Brian Robbins, os próximos filmes de Avatar vão abandonar a direção de arte tradicional e começarão a usar computação gráfica.

Avatar na tela grande

A informação foi divulgado em uma entrevista do CEO diretamente ao blog da ViacomCBS, empresa responsável por diversas marcas de produção audiovisual relacionadas ao Paramount+. Não ficou claro se a decisão é estritamente artística ou tem motivação estratégica, visando acelerar a produção dos longas.

“Um dos outros grandes projetos no qual estamos trabalhando do lado cinematográfico é Avatar. Nós fechamos um acordo para trazer os criadores originais de Avatar para o estúdio,” comenta Robbins, “Eles começaram o Estúdio Avatar e estão bem encaminhados no desenvolvimento de uma série de filmes em computação gráfica e uma nova série de Avatar.”

A mudança foi recebida com surpresa pelos fãs uma vez que as principais produções no universo Avatar sempre apostaram em um estilo de animação tradicional, com traços fortemente inspirados nas produções japonesas.

Fãs já imaginaram como seria um jogo em computação gráfica de Aang

Equipe de confiança

Mas de acordo com Robbins, não há com o que se preocupar. Afinal, os novos filmes estão sendo feitos por gente que entende muito de Avatar. Quem lidera as produções são os co-criadores da animação original e muitos dos animadores originais estão interessados em voltar a trabalhar com a franquia. Assim, mesmo com mudanças drásticas, Avatar continua em boas mãos.

“Eles tem alguma coisa em seus corações que faz com que eles realmente queiram trabalhar aqui, tanto com o lado da animação, quanto no live-action desta marca. As pessoas cresceram com certos programas. Eles tem memórias afetivas com essas marcas e querem fazer negócios com a gente.”

Visualmente, os futuros filmes de Avatar devem apostar em um estilo mais próximo à série O Príncipe Dragão. A animação da Netflix co-criada por um dos produtores de A Lenda de Aang dividiu opiniões ao longo de suas três temporadas pelo uso de computação gráfica.

Resultado pode lembrar O Príncipe Dragão

O que você espera dos filmes em computação gráfica de Avatar? E os projetos live-action, será que vão dar certo? Não deixe de comentar!

Confira perguntas em aberto que este filme pode responder:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse