As Meninas Superpoderosas: Chloe Bennet abandona o projeto

Capa da Publicação

As Meninas Superpoderosas: Chloe Bennet abandona o projeto

Por Chris Rantin

Após um piloto que não foi aprovado pela CW, a série live-action de As Meninas Superpoderosas estava tentando se readequar enquanto passava por refilmagens. O projeto, no entanto, sofreu outra baixa. Segundo a Variety, a atriz Chloe Bennet, que viveria a Florzinha, abandonou a produção.

De acordo com uma fonte do site, a Warner Bros. Television — responsável pelo projeto — tentou manter Bennet na série conforme o piloto era reformulado, mas por conflitos na agenda, a atriz acabou tendo que deixar o live-action. A busca por uma nova Florzinha começará em breve.

Chloe Bennet e as outras protagonistas de As Meninas Superpoderosas

Apesar do piloto ter sido barrado pela emissora, o piloto de As Meninas Superpoderosas (chamado apenas de Powerpuff no original), continua sendo reformulado — especialmente no que diz respeito ao tom da série e no desenvolvimento das personagens. Na trama do live-action, as heroínas teriam cerca de 20 anos de idade, sendo jovens adultas amarguradas por terem perdido a infância lutando contra o crime.

A série conta com o roteiro de Heather Regnier, de A Lenda de Sleepy Hollow e Veronica Mars, e Diablo Cody, conhecida por Juno e Garota Infernal. Com a saída de Chloe Bennet, o elenco de protagonistas fica desfalcado, contando apenas com Dove Cameron como Lindinha e Yana Perrault como Docinho.

A trama da série de As Meninas Superpoderosas deve mostrar as protagonistas na casa dos 20 anos de idade, desta vez como jovens que cresceram amarguradas por terem perdido a infância lutando contra o crime e sendo heroínas para o público. Ainda não há previsão de estreia.

Confira o que queremos ver na série live-action:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"