Capa da Publicação

Ana Lúcia Menezes, dubladora da Toph, morre aos 45 anos

Por Cristiano Rantin

Ana Lúcia Menezes, uma das vozes mais conhecidas do Brasil, faleceu hoje aos 45 anos após complicações de um AVC. Internada desde o dia 13 deste mês, a atriz e dubladora teve o óbito confirmado por sua filha, Bia Menezes, que publicou uma mensagem nas redes sociais.

Em seu instagram, Bia disse:

“Esse texto estava preparado desde sexta. Eu já sabia. Você não voltou pra mim. Mas voltou para sua casa, seu lar, sua morada ao lado do nosso Pai. E estou grata a Deus por isso, grata a Deus por te levar para os braços Dele, grata a Deus por fazer. Não foi do nosso jeito, mas foi da maneira mais perfeita possível, como tudo que Ele faz. Você escreveu uma história aqui, e eu terei a obrigação de continuá-la porque sei que seria exatamente como você gostaria que eu fizesse. Você lutou até o último minuto, agora é hora de descansar e usufruir do que Deus preparou para ti. Eu te amo e sempre te amarei, até a eternidade”

Bia Menezes e sua mãe, Ana Lúcia Menezes

Em seus mais de 30 anos de carreira, Ana Lúcia Menezes acumulou inúmeros trabalhos marcantes. Ela foi a voz de Toph em Avatar, dublou Stella em Clube das Winx, Gwen de Ben10, Murta que Geme de Harry Potter, Aria de Pretty Little Liars, Sam de iCarly, Peppa em Peppa Pig, entre outros.

Alguns dos trabalhos da incomparável voz de Ana Lúcia Menezes

2021 está sendo um momento bem difícil para a dublagem brasileira. Iara Riça, dubladora conhecida como a voz oficial da Arlequina, Florzinha de As Meninas Superpoderosas e Jean Grey de X-Men: Evolution, se encontra em coma após sofrer um aneurisma.

Iara Riça

Nos últimos dias, Carlos Marques, a voz do GarfieldPatolino e do Homem-Aranha dos anos 1960, faleceu aos 88 anos. A causa da morte não foi revelada.

Carlos Marques

Dário de Castro, dublador conhecido por seu trabalho em Gladiador, Pocahontas e o Corcunda de Notre Dame, também faleceu aos 72 anos por Covid-19.

Dário de Castro

A Legião dos Heróis lamenta o silenciamento de vozes tão marcantes na nossa história e transmite seu carinho para os familiares e os amigos das lendas que nos deixaram.

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"