Capa da Publicação

Ator que interpretou Fanático em X-Men 3 desabafa sobre a produção do filme

Por Evandro Lira

O ator Vinnie Jones, que deu vida ao Fanático no terceiro filme da franquia X-Men, falou sobre o tempo em que ele gravou o filme, chamando o momento de “decepcionante”. Na entrevista, Jones não mediu palavras e desabafou sobre o período, afirmando que ele chegou a sentir “roubado” enquanto participava da produção (via CBM)

Na pele do Fanático, um dos vilões mais clássicos dos X-Men, Jones teve um papel bem limitado em O Confronto Final. Mas segundo ele, não estava planejado para ser assim originalmente. Fanático deveria ter tido uma participação muito maior quando o filme ainda estava nas mãos de Matthew Vaughn. No entanto, com a entrada de Brett Ratner no cargo de direção, o personagem foi completamente alterado.

Enquanto promovia seu novo filme, The Big Ugly, o ator e ex-jogador de futebol foi perguntado sobre seu papel em X-Men: O Confronto Final. Jones foi bem direto sobre o assunto e afirmou que ele não havia gostado nem um pouco daquela época.

“Eu amava o papel, mas eu basicamente fui roubado. Eu assinei para o filme quando ainda era Matthew Vaughn no comando, e ali estava um ótimo roteiro, e um ótimo Fanático. Mas Brett Ratner basicamente dissolveu o personagem. Eu ficava naquele meu maldito trailer metade do tempo. É um dos trabalhos mais decepcionantes que já fiz. Eu ficava me perguntando o tempo todo ‘O que estou fazendo aqui?’ Não era o mesmo Fanático do qual eu assinei. Eles tiraram sua história, sua personalidade e também suas falas. Eu tive duas grandes reuniões com Brett sobre isso, e ele disse: ‘Estou ciente, está sendo escrito mais coisas para você enquanto estamos tendo essa conversa’, mas simplesmente nunca aconteceu.”

Jones continuou falando que também ficou chateado com a recepção dos fãs, que o culparam pelo má representação do personagem nas telas.

“Em termos de decepção, essa foi provavelmente uma das maiores. O que é perturbador é que alguns dos fãs me culpam! Não tinha nada a ver comigo! Esse papel… não foi o que eu assinei. O Fanático que você viu não era o Fanático que eu assinei com Matthew Vaughn, sabe?. Isso me chateou. Eu sei o que esses filmes significam para os fãs, mas eu me senti como um bode expiatório, já que ninguém realmente se colocou do meu lado. Ninguém nunca se levantou e disse: ‘Espere um minuto, nós ferramos completamente o personagem de Vinnie’. Basicamente, eu era um figurante, companheiro. Foi assim que me senti. Fui apagado, para ser sincero.”

O Fanático chegou aparecer anos depois em outro filme da franquia, Deadpool 2, mas dessa vez vivido por ninguém menos que Ryan Reynolds. Porém, Jones ainda tem esperanças de que a Marvel Studios dê uma segunda chance para que ele possa viver o Fanático nas próximas adaptações dos X-Men:

“Sim, eu adoraria ter uma chance de acertar. Eu realmente adoraria. Essa é uma página que eu preciso virar se tiver essa chance.”

O que você achou da história de Vinnie Jones? Você gosta da participação dele no filme? Comente!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira