Watch Dogs Legion: É verdade que todos os personagens do game são jogáveis?

Capa da Publicação

Watch Dogs Legion: É verdade que todos os personagens do game são jogáveis?

Por Márcio Jangarélli

Na revolução da DedSec em Londres, a Ubisoft escolheu seguir por um caminho sem protagonistas. Watch Dogs: Legion propõe que você jogue com qualquer pessoa na cidade, do artista de Estátua Viva ao espião – mas será que isso é realmente possível?

Com o jogo em mãos, podemos dizer que sim, é possível! 

É uma mecânica bem interessante, verdadeiramente o ponto alto de Legion. Com exceção dos principais antagonistas – por motivos óbvios – você tem a chance de recrutar qualquer personagem e cada um possui seus prós e contras para influenciar seu jogo.

Isso não começa do nada, no entanto, e o processo de recrutamento não é tão simples assim.

No início do jogo, você controla o Dalton, um membro espião da DedSec em uma missão arriscada. Com ele, você aprende os comandos e tudo mais, uma missão tutorial que te leva até a situação atual do grupo hackativista, com menos membros e sendo caçado em Londres. 

Assim, sua primeira ação é hackear um servidor da Albion, a empresa de segurança privada que está dominando a cidade, com seu Spiderbot para encontrar perfis de pessoas que simpatizem com a causa do DedSec, começando o recrutamento de novos membros.

Você tem várias opções para o seu personagem inicial. Elas são aleatórias, então se você começar o jogo novamente, vai encontrar novos rostos nessa lista. E é verdadeiramente uma escolha estratégica, quando cada um possui habilidades e planos de fundo diferente, te dando a chance de criar uma campanha original desde o início. Do hacker propriamente dito ao torcedor de futebol, ou o desempregado, o músico, o gerente de marketing, o pedreiro, etc.

Aliás, não é porque um personagem possui a mesma profissão que outro que eles trarão as mesmas habilidades ou funcionam da mesma forma. Além da idade interferir na sua locomoção, por exemplo, eles podem contar com algumas skills distintas.

Agora que você escolheu o primeiro, como funciona o recrutamento in game? Bom, finalizando a missão do seu personagem inicial, você começa de fato o jogo. Além de seguir a campanha, a orientação da Sabine, operante do Dedsec que te recruta, é a de encontrar e alistar para o seu time simpatizantes da causa que sejam uteis para a revolução.

Seguindo o sistema de hackeamento de Watch Dogs 2, enquanto explora a cidade você pode ir conferindo o perfil das pessoas ao redor com o seu celular, apertando o botão L1. O perfil pode ser mais detalhado ou não, vai te mostrar se essa pessoa é simpatizante, neutra ou contra o DedSec, sua profissão, que hora do dia você pode encontrá-la, onde, seu destino e habilidades. Bacana, né?

As habilidades são baseadas no que a pessoa faz no seu dia a dia. Um advogado tem a skill de tirar recrutas da cadeia, enquanto um mecânico carrega uma chave inglesa ou um cano para ataque e pode ter resistência física aprimorada. A sua escolha, então, deve ser baseada no tipo de jogo que você quer fazer. Aliás, personagens contrários ao DedSec e com outras restrições ainda podem ser recrutados, mas com artimanhas que você descobre  conforme for jogando.

Mas, como dito, não é simplesmente chegar na pessoa e chamar ela para a revolução. Cada um dos recrutas pedirá que você cumpra uma missão antes. A dificuldade dessas quests varia entre os personagens e a história é baseada no plano de fundo dessas pessoas. Então talvez você encontre um médico preocupado com tráfico de órgãos, ou um veterano de guerra em busca de vingança e por aí vai.

Finalizando a missão, o recruta é seu e já está disponível para assumir o posto. Você pode mudar esses personagens enquanto explora Londres, mas não no meio das missões. Eles também possuem espaços de acessórios variados, que você também pode alterar.

É um sistema extremamente ambicioso, devo dizer – mas divertido na mesma proporção. Realmente é uma experiência única que o game te proporciona e é algo que vai te fazer conferir o perfil de cada pessoa no seu caminho em busca do recruta perfeito.

Já embarcou na aventura de Watch Dogs: Legion? Comenta aí o que achou do game!

Veja abaixo nossa lista com tudo o que você precisa saber antes de jogar Watch Dogs: Legion:

Watch Dogs: Legion já está disponível para PS4, Xbox One e PC. O game também terá uma atualização gratuita para PlayStation 5, Xbox Series S e X, além de lançamento agendado para o Stadia.

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.