Capa da Publicação

Venom: Vilão Codex tem acesso a nova e perigosa habilidade nas HQs

Por Raphael Martins

Atenção: Alerta de Spoilers!

O vilão Codex pode ter até ser um recém-chegado no universo Marvel, mas já apareceu fazendo um grande estrago. Logo em sua estreia, em Venom #25, publicada em maio deste ano, ele usou seus poderes simbióticos para corromper todos os heróis da Terra-1051, deixando aquela dimensão à seus pés. Agora, ele conseguiu pôr suas mãos em uma tecnologia que pode torná-lo mais poderoso do que nunca.

Codex é na verdade Dylan Brock, uma versão alternativa do filho de Eddie Brock, oriundo da Terra-1051, onde ele reina supremo. E em Venom #30 (via CBR), lançada recentemente nos Estados Unidos, vemos o vilão e o Doutor Octopus de sua dimensão entrando em contato com o personagem Vírus, que é ninguém menos que o Mac Gargan da Terra-616. Ele revela aos dois que foi mandado para lá pelo Eddie Brock de seu mundo, e ao saber disso, Codex ordena que Otto Octavius faça uma réplica do dispositivo de viagem interdimensional, para que ele próprio possa ter acesso às diferentes Terras do multiverso e expanda seu domínio infinitamente.

Mas antes que pudesse colocar seu plano de conquista em ação, ele é atacado pela resistência, enfrentando o Venom de seu mundo. Codex o derrota facilmente, mas acaba sendo surpreendido por algo que não conseguiu prever: ao tocar as mãos do Dylan da Terra-616, ele tem uma visão de como sua vida poderia ter sido se ele tivesse tido uma família completa, sem a influência de Knull em sua vida. O Dylan 616 então consegue quebrar sua conexão com Knull, enquanto Codex acaba ficando incapacitado e entrando em coma.

Embora o vilão tenha sido redimido, o potencial para que Codex possa expandir seu reinado de terror por infinitas Terras agora existe, e o risco é incalculável. Para piorar, Knull se libertou de sua prisão e agora ruma para a Terra-616, e tendo ele controle sobre os simbiontes espalhados pelo multiverso, pode ser apenas uma questão de tempo até que Codex caia novamente em suas garras e volte para o caminho do mal, usando seu manipulador interdimensional para invadir novas Terras e escravizá-las.

Se isto vai de fato acontecer ou não, descobriremos durante a saga King in Black, que já começou nos Estados Unidos. E vocês, o que esperam deste novo arco de histórias? Não deixem de comentar!

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael