Toy Story 4: Disney é processada por causa do personagem Duke Caboom

Capa da Publicação

Toy Story 4: Disney é processada por causa do personagem Duke Caboom

Por Leo Gravena

Em Toy Story 4, um dos destaques do filme é Duke Caboom, interpretado originalmente por Keanu Reeves, um personagem que é chamado de o “melhor dublê do Canadá”. Desde antes do filme estrear, era notável que o personagem havia sido inspirado em Evel Knievel, um dublê, motociclista e artista performático dos Estados Unidos, principalmente devido o seu visual.

Knievel faleceu em 2007, porém, segundo o TMZ seu filho está processando a Disney, Pixar e outras subsidiárias da companhia por danos. Já faz mais de um ano que o filme estreou nos cinemas, contudo, a K&K Promotions, que cuida dos direitos de imagem e marcas registradas de Knievel e é comandada pelo filho do dublê, decidiu dar inicio a um processo apenas agora.

O processo alega que o personagem e o filme estão cheios de referências a como Knievel se vestia, notando que o visual do brinquedo do Duke Caboom parece ter sido pego diretamente do brinquedo de Knievel, lançado nos anos 70. Eles também citam que a produção do filme falou diversas vezes sobre Knievel em entrevistas.

Devido as várias similaridades entre os personagens, não sabemos como será o processo e se a K&K Promotions terá sucesso. Contudo, segundo a lei americana, uma marca registrada (o trademark) é diferente de direitos autorais (o copyright) e não está sujeita a “fair use”, ou seja, pode ser usado em certas circunstâncias.

Aproveite e veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."