Capa da Publicação

Relembre quando Thanos transformou seu clone em uma borboleta e depois comeu

Por Evandro Lira

Em um determinado momento de sua jornada, Thanos teve que enfrentar ele mesmo em uma batalha. O acontecimento se deu no arco Guerra Infinita, onde Warlock usou a Manopla do Infinito para separar o lado bom e o lado mau da sua alma (via CBR).

Foi esse lado abominável da alma de Warlock, Magus, quem atacou o Universo Marvel usando duplos de todos os super-heróis e vilões da editora. E eis que, na HQ Warlock e A Guarda do Infinito #10, o Titã Louco precisou enfrentar seu clone “mano a mano”.

Se no início, os dois haviam decidido juntar seus poderes para destruir Magus, logo eles tiveram que lutar um contra o outro, até a morte. E ainda que o clone de Thanos fosse mais poderoso que o original, foi o verdadeiro Thanos quem levou a melhor.

Ele, na verdade, transformou seu duplo em uma borboleta, um símbolo de renovação, e concluindo que aquela criatura representava um pedaço de sua alma, Thanos decidiu literalmente devorá-lo a fim de se reunir com essa outra parte de si mesmo.

O momento é bastante perturbador, como você pode ver pelas imagens, pois mostra Thanos bem de perto esmagando com os dentes sua própria versão em borboleta.

O processo de se reunir consigo mesmo não foi um dos mais agradáveis, mas no fim, Thanos partiu para enfrentar Magus na conclusão de Guerra Infinita, com o Titã Louco levando a melhor sobre o inimigo.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira