Capa da Publicação

Punchline: HQ da vilã subverte um dos crimes mais bobos do Coringa

Por Gus Fiaux

Após surgir e se tornar a nova obsessão de muitos fãs, a Punchline finalmente está ganhando seu próprio título solo, onde traz um podcast falando um pouco sobre o Coringa e toda sua presença em Gotham City. Porém, na primeira edição da HQ, a vilã nos lembra de um dos crimes mais bobos e bizarros do Palhaço do Crime.

Na HQ, ela relembra o crime dos “Peixes Sorridentes”, remontando a história contada em Detective Comics #475-476. Na história clássica do Cavaleiro das Trevas, vemos o Coringa envenenando as águas de Gotham com sua toxina. Tudo isso faz com que os peixes acabem morrendo e ficando com o sorriso macabro do vilão.

Eventualmente, o Coringa tenta apelar ao conselho de direitos autorais da cidade, falando que, já que os peixes têm sua marca registrada, eles não poderiam ser comercializados sem sua autorização. Quando o conselho se nega a acatar o pedido do vilão, o Coringa decide matar os membros, o que coloca o Batman em ação.

Esse crime ficou bem conhecido pelos fãs. Além de ser uma das histórias mais clássicas do Batman, ambientado em uma época em que o personagem e seus vilões não eram tão sombrios, a trama foi adaptada algumas vezes, incluindo na Série Animada da década de 90.

Em seu podcast, Punchline no entanto revela o lado sombrio dessa pegadinha. De acordo com ela, o envenenamento dos peixes afetou o mercado alimentício de Gotham durante meses, fazendo com que muito ficassem com fome. Além disso, a vilã revela que foram necessários anos e milhões de dólares gastos para que a economia e o ramo de pesca fosse estabilizado em Gotham – o que prova mais uma vez como o vilão é capaz de cometer atrocidades mesmo em seus momentos mais “leves”.

Abaixo, veja 10 atores que quase interpretaram o Coringa nos cinemas:

Punchline #1 está à venda nas bancas norte-americanas, sem previsão de publicação no Brasil.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux