Capa da Publicação

Co-Fundador da Netflix explica porque o streaming não possui propagandas

Por Márcio Jangarélli

Para um serviço que há poucos anos atrás estava apenas estreando suas primeiras séries originais, o que a Netflix construiu até agora é gigantesco. E isso sem se entregar à publicidade no meio das suas séries, ainda que sempre existam rumores de que isso está para acontecer.

Conversando com a Variety, o co-fundador do serviço, Reed Hastings, esclareceu de vez o porquê da Netflix não apostar em anúncios na plataforma.

De acordo com Hastings:

“Definitivamente não é uma regra. É mais um decisão justificada… É a crença de que podemos construir um modelo de negócios melhor, um modelo mais valioso, sem anúncios.

 

Sabe, publicidade é uma coisa que parece fácil até você se envolver. Aí você percebe que tem que tirar aquela receita de outros lugares porque o total saído dos anúncios não está crescendo, mas, na verdade, agora está diminuindo. É um combate mano-a-mano para conseguir que as pessoas gastem menos em, sei lá, na ABC e gastem mais na Netflix. Existe um crescimento muito maior no mercado de consumo do que no de anúncios, que está bem linear. 

 

Nós ficamos públicos 20 anos atrás a um dólar a ação e agora estamos por mais de $500. Então eu diria que nossa estratégia focada em assinaturas funcionou muito bem. Mas é basicamente o que nós achamos que é o melhor capitalismo, o oposto de algo mais filosófico”.

Terminou a notícia? Confira nossa lista com os melhores animes originais da Netflix:

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.