Membro importante dos Vingadores morre em nova saga da Marvel

Capa da Publicação

Membro importante dos Vingadores morre em nova saga da Marvel

Por Leo Gravena

Atenção: Alerta de Spoilers!

A nova saga da Marvel, Empyre está mostrando uma grande luta entre a aliança Kree-Skrull e os Cotati, a raça baseada em vida vegetal da Mantis nos quadrinhos. Inicialmente apresentados como aliados dos Vingadores, os Cotati se mostraram inimigos cruéis e, como é revelado na quarta edição da saga, eles mataram uma importante membro dos Vingadores.

Na primeira edição de Empyre, vemos os Cotati separando a Mulher-Hulk do resto dos Vingadores para dar a ela uma arma que fez com que Jennifer tivesse seu intelecto restaurado, já que desde que ela havia se tornado apenas A Hulk ela tinha problemas para falar corretamente e expressar seus pensamentos, semelhante ao Hulk clássico.

Contudo, na nova edição é revelado que algo muito mais sinistro aconteceu quando Jennifer se afastou de seus colegas. Em Empyre #4 descobrimos que os Cotati assassinaram a Mulher-Hulk e colocaram sua essência no corpo da heroína, de forma similar ao que aconteceu com o Espadachim.

Na trama, eles explicam que quando eles possuem um humano, a pele dele se torna verde, o que faz com que os corpos tomados não sejam bons espiões, contudo, como a Mulher-Hulk já era verde, eles não puderam “deixar a oportunidade passar”. Tudo isso é revelado quando Mantis, a Mulher-Invisível, o Coisa e a Hulk vão conversar com Quoi, o líder dos Cotati.

Enquanto ataca o Coisa, a personagem revela exatamente o que aconteceu e como está “vestindo a pele” da Mulher-Hulk. A cena é bem grotesca e mostra Jennifer completamente cheia de vinhas de plantas saindo de sua boca e rosto. Como você pode conferir nas imagens na galeria abaixo, junto do design criado por Valerio Schiti:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."