Capa da Publicação

DCeased: Lex Luthor transforma jovens heróis em “Esquadrão Suicida” em nova HQ

Por Raphael Martins

A saga DCeased, que se passa em uma Terra paralela do multiverso onde muitos heróis e vilões da DC se tornaram zumbis, continua rolando nos Estados Unidos, mostrando a luta dos sobreviventes contra as hordas de infectados pela equação anti-vida de Darkseid. Neste mundo, Lex Luthor se tornou um grande aliado dos heróis, mas isso não quer dizer que ele tenha se tornado bonzinho.

Em DCeased: Hope at World’s End #14 (via CBR), o exército anti-vida chegou aos portões do santuário criado por Hera Venenosa para abrigar a resistência. Luthor já havia previsto isso, e sem heróis como Superman, Batman e Mulher-Maravilha por perto, decide pôr em prática um plano arriscado, mas desesperado: arriscar a vida de jovens heróis para salvar muitos inocentes.

Usando a Força de Aceleração de Wallace West, Lex ordena que Sombra da Noite abra um portal para que a horda entre nos jardins. Então, ele diz para Wink e o Flautista se teleportarem para dentro do portal, onde Flautista possa tocar sua flauta para fazer com que os zumbis os sigam para fora da base, os dividindo em dois grupos.

Desta maneira, tanto Flautista quanto Wink ficam isolados do outro lado, totalmente à mercê de centenas de infectados e longe de qualquer um que possa porventura tentar salvá-los. Sombra da Noite, por outro lado, acaba infectada, e retorna com um décimo da legião de malditos de volta para os jardins. Não é um plano perfeito, mas cada zumbi a menos dentro da base é uma vida a mais que pode ser salva.

Esta sem dúvidas é uma manobra digna de Amanda Waller e seu Esquadrão Suicida, com superpoderosos indo em direção à morte certa a mando de outra pessoa para realizar o impossível. E embora Lex Luthor não tenha implantado bombas na cabeça de ninguém, ele ainda manipulou jovens heróis  a pensarem que esta seria a única opção, o que pode ou não ser o caso.

E agora, será que eles se salvarão para lutar um outro dia? E a trindade, conseguirá vencer o Adão Negro e voltar para proteger os jardins? Descobriremos nas próximas edições.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael