Capa da Publicação

Disney teve uma conversa com John Boyega após críticas a Star Wars

Por Evandro Lira

Após o encerramento da saga Star Wars no fim do ano passado, o intérprete de Finn, John Boyega, veio a público tecer críticas à maneira como a Disney lidou com os personagens não-brancos da franquia. Agora, em uma nova entrevista, Boyega revelou que chegou a ser procurado por um executivo do estúdio, com quem ele teve uma conversa honesta sobre a situação.

Ao The Hollywood Reporter, John Boyega se demonstrou esperançoso com a reunião, contando que a Disney lhe deu a chance de explicar como ele havia se sentido sobre tudo que ocorreu durante a produção de Star Wars. Confira:

“Foi uma conversa muito honesta e transparente. Eles falaram muito sobre a maneira como viam as coisas, mas também me deram a chance de explicar como foi minha experiência. Espero que, ao ser tão aberto sobre minha carreira, nesta fase, eu consiga ajudar o próximo cara, o cara que quer ser assistente do diretor de fotografia, o cara que quer ser produtor. Espero realmente que essa conversa não seja mais um tabu ou um elefante na sala, já que alguém veio antes e falou o que precisava.”

Em suas críticas, Boyega apontou como Star Wars lidou mal com a histórias de Finn e também de Rose, personagem de Kelly Marie Tran, atriz de origem asiática. Além disso, Boyega e Tran tiveram que lidar com os ataques de fãs racistas e tóxicos desde que apareceram pela primeira vez nas telas da franquia.

É uma ótima notícia saber que a Disney decidiu ouvir o ator pessoalmente, afinal, quando alguém se sente lesado por causa de determinada experiência, não custa nada ouvir, não?

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira