O Diabo de Cada Dia: Revelada nota no Rotten Tomatoes do novo filme da Netflix

Capa da Publicação

O Diabo de Cada Dia: Revelada nota no Rotten Tomatoes do novo filme da Netflix

Por Márcio Jangarélli

Estamos todos ansiosos pelo novo filme original da Netflix, O Diabo de Cada Dia. A produção conta com nomes poderosos no elenco, como Tom Holland, Robert Pattinson e Bill Skarsgard, vários conhecidos de longas que amamos muito. Agora, a nota oficial do título foi revelada pelo Rotten Tomatoes e parece um pouco mista.

No momento dessa matéria, o filme está com 63% de aprovação, contando com 39 críticas. O consenso geral é de que o longa pode ser “angustiante” até demais, mas que o elenco estelar faz o título valer a pena.

Confira alguns trechos das principais críticas usadas pelo Rotten Tomatoes.:

Mike LaSalle, do San Francisco Chronicle, diz que:

Com “O Diabo de Cada Dia, o diretor Antonio Campos e o roteirista Paulo Campos conquistaram algo difícil. Eles fizeram um filme longo e muito bom sem depender das coisas normais que seguram uma narrativa extensa. 3/4 estrelas.

Já Kevin Maher, do Times britânico, pensa que faltou profundidade real para o filme:

O resultado, ainda que tematicamente consistente (Deus + Americanos = psicose em massa), tende a ser espalhafatoso, repetitivo e, sem sombra de dúvidas, raso. 2/5 estrelas.

Para Leah Greenblatt, da Entertainment Weekly,  o diretor entregou algo fascinante no longa:

O grande acerto de Campos pode ser o de ter manejado uma história tão madura e difícil quanto essa… brincando na linha tênue entre uma atmosfera artística e uma novela gótica sulista e, ainda assim, conseguindo entregar um lado fascinante macabro. B+.

Ryan Lattanzio, do IndieWire, realmente queria que o filme acabasse:

Uma reflexão violenta, mas sem alma, sobre a fé escalonada ao extremo, “O Diabo de Cada Dia” se arremessa para um previsível final medonho, mas, quando a aterrissagem final chega, bom, graças a Deus que acabou. C-.

Michael Phillips, do Chicago Tribune, acredita que a produção vale a pena pelo elenco:

Vale a pena assistir pela junção intrigante de elenco, validando o meio (streaming) ao máximo possível. 3/4.

Porém Chuck Bowen, da Slant Magazine, realmente não gostou do título:

A única forma de suspense que O Diabo de Cada Dia autenticamente gera é a curiosidade sobre qual seria o seu argumento principal. 1/4 estrelas.

E aí, vai dar uma chance para o filme? Não esqueça de comentar!

Agora que a notícia terminou, dá só uma olhada na nossa lista com as melhores séries de suspense da Netflix:

O Diabo de Cada Dia estreia no dia 16 de Setembro, quarta-feria, somente pela Netflix.

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.