Capa da Publicação

DC Comics deve abandonar universo compartilhado nos quadrinhos em 2021

Por Gabriel Mattos

O universo compartilhado que tanto funcionou com a Marvel nos cinemas nunca deu certo com a DC. Depois de se livrar de vez desse conceito nos filmes, a resposta dos fãs foi muito positiva. E essa ideia está fazendo tanto sucesso que em 2021 a DC Comics deve acabar com o universo compartilhado também nos quadrinhos.

Segundo o Bleeding Cool, que costuma ter fontes bem confiáveis, a editora está planejando essas mudanças para o novo ano. Começando em março, as histórias da DC serão cada vez mais independentes e assim as HQs solo de um herói não precisam mais influenciar umas as outras. Tudo vai depender da vontade dos roteiristas.

O objetivo é deixar os criadores mais livres para explorar novas facetas dos personagens. Do ponto de vista de vendas, também é interessante diminuir as barreiras para novos leitores. Com a mudança, um leitor poderia acompanhar apenas seu herói favorito, ou um arco específico, sem sentir que está perdendo nada.

Segundo os relatos, a chave para tudo isso será o evento Future State. Ele acontecerá nos quadrinhos entre janeiro e fevereiro e foi pensado para preparar o terreno para o fim do universo compartilhado.

Vale lembrar que algumas das histórias mais memoráveis e mais conhecidas da DC — como A Piada Mortal, do Batman, e A Noite Mais Densa, do Lanterna Verde e outras grandes sagas — já funcionam muito bem isoladas. Espera-se que essa mudança de postura desencadeie novos arcos incríveis para cada herói. O site Bleeding Cool ainda sugere que a DC planeja uma HQ para março ou abril que deixará claro para os leitores as vantagens da nova abordagem.

O que você achou dessas mudanças? Te deixou animado ou estragou um pouco as HQs para você? Comente aí embaixo.

Confira também:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse