Darren Aronofsky fala sobre seu filme cancelado do Batman vivido por Joaquin Phoenix

Capa da Publicação

Darren Aronofsky fala sobre seu filme cancelado do Batman vivido por Joaquin Phoenix

Por Raphael Martins

Após o enorme fracasso de Batman e Robin, lançado em 1997, a Warner Bros. começou a ficar bastante preocupada com o futuro do cavaleiro das trevas no cinema, procurando diretores consagrados para darem nova vida ao personagem nas telonas.

Em 2000, o escolhido do estúdio foi Darren Aronofsky, que havia acabado de emplacar Réquiem Para um Sonho. O projeto em questão seria uma adaptação da premiada história Batman: Ano Um, de Frank Miller, que mostra o herói em seu primeiro ano como vigilante em Gotham City.

O diretor tinha ideias bem ousadas para o morcego, como transformar Alfred em um dono de uma loja de conserto de automóveis, enquanto sua versão de Bruce Wayne, vivida por Joaquin Phoenix, seria a de um sem teto que perdeu tudo após a morte dos pais. Contudo, por uma série de motivos, o filme acabou nunca acontecendo, com o herói voltando aos cinemas apenas em Batman Begins, de 2005.

Em uma entrevista ao site CBM, Aronofsky falou um pouco sobre seus planos para o filme, e como ele lutou para ter Phoenix como o personagem principal:

“O estúdio queria Freddie Prinze Jr e eu queria Joaquin Phoenix. Me lembro de pensar ‘Oh não, estamos fazendo dois filmes diferentes aqui.’ Essa é a verdadeira história. Era uma época diferente. O Batman que eu escrevi era definitivamente diferente do tipo de abordagem que eles acabaram usando.”

O diretor revelou que até mesmo pediu ajuda a Frank Miller para trabalhar no filme:

“Foi uma coisa incrível porque eu era um grande fã de seu trabalho na Graphic Novel, então só por poder conhecê-lo já era muito empolgante na época.”

Aronofsky disse na entrevista que a sua maior prioridade era se afastar da visão que Batman e Robin havia estabelecido para o morcego:

“O Batman que foi feito antes do meu era Batman e Robin, aquele com os mamilos no traje, então eu estava tentando de verdade diminuir aquilo e reinventar tudo. Foi para aí que minha mente foi.”

A adaptação cinematográfica de Batman: Ano Um nunca aconteceu, mas a história em quadrinhos foi transformada em um longa-metragem animado pela Warner Animation em 2011.

Confira nossa lista sobre o novo filme do Batman aqui:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael