Capa da Publicação

Darren Aronofsky fala sobre seu filme cancelado do Batman vivido por Joaquin Phoenix

Por Raphael Martins

Após o enorme fracasso de Batman e Robin, lançado em 1997, a Warner Bros. começou a ficar bastante preocupada com o futuro do cavaleiro das trevas no cinema, procurando diretores consagrados para darem nova vida ao personagem nas telonas.

Em 2000, o escolhido do estúdio foi Darren Aronofsky, que havia acabado de emplacar Réquiem Para um Sonho. O projeto em questão seria uma adaptação da premiada história Batman: Ano Um, de Frank Miller, que mostra o herói em seu primeiro ano como vigilante em Gotham City.

O diretor tinha ideias bem ousadas para o morcego, como transformar Alfred em um dono de uma loja de conserto de automóveis, enquanto sua versão de Bruce Wayne, vivida por Joaquin Phoenix, seria a de um sem teto que perdeu tudo após a morte dos pais. Contudo, por uma série de motivos, o filme acabou nunca acontecendo, com o herói voltando aos cinemas apenas em Batman Begins, de 2005.

Em uma entrevista ao site CBM, Aronofsky falou um pouco sobre seus planos para o filme, e como ele lutou para ter Phoenix como o personagem principal:

“O estúdio queria Freddie Prinze Jr e eu queria Joaquin Phoenix. Me lembro de pensar ‘Oh não, estamos fazendo dois filmes diferentes aqui.’ Essa é a verdadeira história. Era uma época diferente. O Batman que eu escrevi era definitivamente diferente do tipo de abordagem que eles acabaram usando.”

O diretor revelou que até mesmo pediu ajuda a Frank Miller para trabalhar no filme:

“Foi uma coisa incrível porque eu era um grande fã de seu trabalho na Graphic Novel, então só por poder conhecê-lo já era muito empolgante na época.”

Aronofsky disse na entrevista que a sua maior prioridade era se afastar da visão que Batman e Robin havia estabelecido para o morcego:

“O Batman que foi feito antes do meu era Batman e Robin, aquele com os mamilos no traje, então eu estava tentando de verdade diminuir aquilo e reinventar tudo. Foi para aí que minha mente foi.”

A adaptação cinematográfica de Batman: Ano Um nunca aconteceu, mas a história em quadrinhos foi transformada em um longa-metragem animado pela Warner Animation em 2011.

Confira nossa lista sobre o novo filme do Batman aqui:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael