Darkseid e Thanos: entenda o motivo dos vilões serem parecidos

Capa da Publicação

Darkseid e Thanos: entenda o motivo dos vilões serem parecidos

Por Gabriel Mattos

Se você vem acompanhando as notícias sobre o Snydercut, pode ter percebido que Darkseid — o próximo vilão da Liga da Justiça — é um tanto quanto familiar. Um homem grande, com cor de pele alienígena e queixo avantajado… Quase pareceu que eu estava descrevendo o Thanos, né? Mas é verdade, eles são muito parecidos mesmo. Hoje eu vou explicar para você o motivo!

Tudo começou na Era de Prata dos quadrinhos. A indústria entrou em crise depois da Segunda Guerra Mundial e começou a experimentar ideias novas para reaquecer o mercado. Dentre elas, muitos escritores começaram a realçar elementos de ficção científica das suas histórias e o público parecia responder muito bem às mudanças.

Foi nesse período, na década de 60, que Jack Kirby se juntou à Marvel Comics. Ele já havia criado o Capitão América nos anos 40, para a antecessora da Marvel — Timely Comics. Mas foi ao lado do roteirista Stan Lee, tentando sempre aplicar essa filosofia de infundir o scifi nas HQs, que Kirby deu vida aos heróis mais conhecidos da Casa das Ideias.

Nessa sua passagem pela Marvel, ele ajudou a criar o Pantera Negra, Hulk, Homem de Ferro, os X-Men e até mesmo o Quarteto Fantástico. Suas artes para o Quarteto, inclusive, são tão influentes que inspiraram o visual de filmes do Marvel Studios muitos anos depois, como Thor: Ragnarok. Mas Kirby não sentia que seu trabalho era devidamente valorizado na Marvel e no final da década deixou a empresa.

Entra a Era de Bronze!

Enquanto algumas pessoas delegam à histórias como “A Noite em que Gwen Stacy Morreu” o marco do fim da Era de Prata, muitos afirmar que o ponto de virada foi exatamente a saída de Jack Kirby na Marvel.

Ele queria amadurecer ainda mais o seu trabalho e encontrou na DC Comics uma oportunidade de criar uma nova mitologia do zero. Assim nasceu o projeto Quatro Mundos — que incluiu as revistas Novos Deuses, Senhor Miragem, Povo da Eternidade e Jimmy Olsen (O Amigo do Superman).

Os eventos de todos esses quadrinhos eram coordenados por um único grande vilão, assim como as maiores tramas do Universo Cinematográfico da Marvel. Você provavelmente já deve estar imaginando onde eu quero chegar… Para antagonizar as histórias de sua fase na DC, Kirby criou Darkseid.

Inicialmente, Darkseid era um homem roxo, bastante encorpado, com o rosto enrugado e que governava Apokolips. Seu objetivo era encontrar a “Fórmula da Anti-Vida”, podendo assim controlar todo universo. Não demorou para ele rivalizar o Superman, na revista de Jimmy Olsen, consagrando seu lugar na história como um dos vilões mais poderosos dos quadrinhos.

A Marvel Contra Ataca!

Ao observar os planos de Kirby em ação, a Marvel decidiu que não ficaria de fora e começou a pensar em maneiras de expandir o seu universo cósmico, focando na produção de Capitão Marvel. Antigamente nos quadrinhos, o público se afeiçoava por temas em ondas, então de havia uma onda espacial beneficiando a DC, a Marvel não ia deixar de aproveitar.

Jim Starlin foi quem ficou encarregado de criar um novo vilão à altura de Darkseid. Inicialmente, ele havia se inspirado em outro dos Novos Deuses: Metron.

Metron era um cara franzino, que buscava todo o conhecimento do universo enquanto flutuava pelo multiverso em uma cadeira de Mobius. Ao ver o novo vilão, o editor de Jim pediu para que ele desse uma encorpada no cara. Ele precisaria ser mais imponente. Foi aí que Jim injetou um quê de Darkseid na sua nova criação: assim nasceu Thanos.

Thanos traz muito dos trejeitos de Metron no corpo de Darkseid, mantendo as características mais marcantes dos dois. Thanos e Darkseid são homens grande, com cor de pele arroxeada e um queixo avantajado. Enquanto Thanos corteja a Morte, Darkseid almeja a anti-vida. Dois lados de uma mesma moeda!

por namorsubmariner

Darkseid vs Thanos

As histórias em que ambos personagens foram introduzidos não fez um sucesso tão grande, mas o interesse do público nesses formidáveis vilões era inegável. Não demorou para que ambos se tornassem os vilões mais poderosos de suas editoras.

Em 1980, Darkseid desafiou a Liga da Justiça ao decidir dominar a Terra em um evento que se estendeu por três edições: Crise em Nova Genesis, Crise entre Duas Terras e Crise em Apokolips. Em 1991, Thanos protagonizou sua história mais conhecida, que inspirou Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato — o Desafio Infinito.

Entre essas histórias, Darkseid se solidificou como uma das maiores ameaças de ambos universos ao aparecer como principal antagonista do crossover entre os Fabulosos X-Men e os Novos Jovens Titãs. Ele sozinho ressuscitou a Fênix Negra para enfrentar os dois grupos. Não é para qualquer um.

Por fim, no final dos anos 90, tivemos o inevitável confronto entre os vilões. No aguardadíssimo crossover entre Marvel e DC, Darkseid ficou cara a cara com Thanos e teve o gostinho de chamá-lo de uma “imitaçãozinha pálida” pessoalmente.

Entretanto, com a virada do século e a explosão dos super heróis nos cinemas, Darkseid tem se tornado cada vez menos conhecido. Thanos, por outro lado, se tornou o grande vilão de um arco preparado por mais de uma década no MCU. A cada novo filme, a curiosidade do público só aumentava até que em Vingadores: Guerra Infinita, pudemos conhecer toda a extensão do poder do vilão.

Darkseid terá sua chance de brilhar mais uma vez ano que vem, quando Zack Snyder’s Justice League finalmente estrear no HBO Max. Enfim poderemos ver a grandiosidade do vilão em live action. Até lá, sempre que algum amigo lhe disser que Darkseid é uma grande cópia de Thanos, é só mandar para ele essa matéria. Nem tudo é o que parece.

Ah, se ficou curioso para saber do que Darkseid é capaz, dá uma olhada nesse vídeo para conhecer a animação Guerra de Apokolips, na qual ele enfrenta a Liga da Justiça:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Editor, repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse