Capa da Publicação

Conchata Ferrell, a Berta de Dois Homens e Meio, morre aos 77 anos

Por Cristiano Rantin

Conchata Ferrell, conhecida por viver a governanta Berta na série Dois Homens e Meio, faleceu aos 77 anos na tarde de ontem (12) após uma parada cardíaca. A informação é do Deadline, que notifica que Ferrell morreu pacificamente, cercada por seus familiares.

O estado de saúde de Conchata estava preocupante nos últimos meses. Sites afirmaram que a atriz foi internada em maio deste ano para tratar uma infecção nos rins, após alguns meses no hospital ela teria sofrido um ataque cardíaco e chegou a ser transferida para uma UTI.

A revista Rolling Stone informou, em julho deste ano, que ela havia melhorado, mas que continuava em uma unidade de tratamento prolongado e uma unidade respiratória. O estado dela, segundo o site, era estável e semiconsciente na época.

Conchata recebeu duas indicações ao Emmy, em 2005 e em 2007, por seu papel em Dois Homens e Meio, trabalho pelo qual ela ficou mais conhecida. Em 1992, a atriz também foi indicada ao prêmio por L.A. Law. Outros trabalhos marcantes de Ferrell incluem Grace and Frankie, Buffy: A Caça Vampiros E/R. Nos cinemas, a atriz participou de inúmeros projetos, incluindo Edward Mãos de TesouraKrampus. 

Em seu twitterJon Cryer, que em Dois Homens e Meio viveu Alan Harper, lamentou o falecimento de sua colega.

Ela era um ser humano lindo. O exterior durão da Berta foi uma invenção dos roteiristas. A gentileza e vulnerabilidade de Chatty eram suas maiores forças. Estou chorando pela mulher que irei sentir saudades, e pela alegria que ele levou para muitos.” 

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação Social pela UEL • Twitter: @ChrisRantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"