Capa da Publicação

Borat divulga declaração após controvérsia causada pelo filme

Por Leo Gravena

O próprio Borat liberou uma declaração em resposta a uma recente controvérsia causada pelo segundo filme do personagem de Sacha Baron Cohen, que acabou de lançar o filme Fita de Cinema Seguinte de Borat.

Em determinada cena do filme, vemos o antigo prefeito de Nova York, Rudy Giuliani em um momento bem inapropriado. Na cena, vemos ele em um quarto de hotel com Tutar, a filha de Borat. O ex-prefeito está em uma cama, reclinado e, aparentemente, tocando-se de maneira erótica.  Logo depois ele descobre que a personagem possui apenas 15 anos (a atriz em si, Maria Bakalova, é maior de idade).

Após a cena ser bastante comentada nas redes sociais, o antigo prefeito fez uma declaração sobre a cena (via Comic Book), dizendo:

“A cena de Borat é uma fabricação completa. Eu estava botando minha camisa para dentro da calça depois de tirar o equipamento de gravação. Em nenhum momento antes, durante ou depois da entrevista eu fui inapropriado. Se o Sasha Baron Cohen sugerir o inverso, ele é um grande mentiroso”.

Por sua vez, Sacha Baron Cohen decidiu continuar no personagem e falou sobre o assunto como se fosse o Borat. Em sua declaração, ele disse:

“Estou aqui para defender o prefeito da América, Rudolph Giuliani. O que foi um sexy encontro inocente entre um homem que consentiu e minha filha de 15 anos, foi transformado em algo nojento pela mídia das fake news. Eu te aviso, se mais alguém tentar isso, e o Rudolph não vai hesitar em alcançar lá embaixo legalmente e mostrar algumas intimações”.

Você já assistiu ao filme? O que achou da cena? Não deixe de comentar!

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."