Capa da Publicação

Artista de Batgirl é acusado de aliciar menores na internet

Por Gus Fiaux

O ilustrador e roteirista Cameron Stewart foi acusado, nesta última semana, de aliciar menores. A primeira acusação partiu da modelo Aviva Maï, que usou seu Twitter para contar que o artista havia começado a conversar e flertar com ela, quando ela ainda tinha 16 anos. Ela explica que ficou refém dessa situação por muito tempo, até perceber que isso não era normal:

“Ei, sabe aquela postagem sobre ser aliciada quando eu era adolescente? Estou falando sobre Cameron Stewart, o desenhista de HQs. Nos conhecemos quando eu tinha 16 e ele tinha 30 e poucos. Talvez 32? Foi em 2009. Nós flertamos por texto e nos encontramos. Em 2009. Quando eu tinha 16 anos. Nós continuamos ‘amigos’ por um longo tempo depois disso e às vezes ele me mandava mensagens dizendo que tinha perdido a chance de namorar comigo. Várias e desconfortáveis vezes. Demorou um bom tempo para perceber o que tinha acontecido, o que ele estava fazendo, e que nós nunca fomos amigos. Eu só estou postando isso porque ele já trabalhou em vários quadrinhos destinados a jovens meninas e mulheres, e eu quero que todos saibam que tipo de pessoa ele é. Nunca parecia ser o ‘momento certo’ de dizer isso, porque na verdade não há [um momento certo]. É isso. Agora vocês sabem.”

Logo após a declaração de Aviva, a cartunista e ilustradora Kate Leth também reafirmou as palavras da modelo, dizendo que algo semelhante aconteceu com ela. Embora ela reconheça que isso tenha acontecido quando já tinha alcançado a maioridade, Leth explicou que aquele era o modus operandi do artista.

“Tem mais informações aqui, mas quero dar apoio a Aviva e dizer ‘isso aconteceu comigo também’. Eu ainda tenho um desenho da Morte que ele fez para mim em um papel de hotel. Ele tinha 32. Eu tinha 19.”

Outra artista que se manifestou foi a atriz Natasha Negovanlis, que participou da websérie Carmilla. Ela disse que, embora tivesse “histórias similares para contar”, não se sente confortável em divulgá-las no presente momento. Por fim, a organizadora de eventos Andrea Demonakos explicou que ele já era conhecido, e por isso tinha sido “expulso” da sua cidade:

“Era de conhecimento comum que Cameron Stewart era um predador, e ele basicamente foi expulso da cidade após irritar muitas pessoas. Eu já avisei várias mulheres para ficarem longe dele, múltiplas vezes.”

Logo em seguida, Leth respondeu ao tweet de Demonakos, dizendo: “Ele literalmente se mudou para Berlim porque se queimou com todas as garotas de Montreal/Toronto. Ele disse isso para mim!”

Até o momento, Stewart se recusou a comentar as acusações e fechou seus perfis em todas as redes sociais, incluindo o Twitter e o Instagram. Ainda não há informações a respeito de investigações sobre os casos citados. Stewart ficou bem conhecido por escrever e fazer as capas de um longo arco de histórias da Batgirl, a partir da revista Batgirl Vol. 4 #35, de 2014.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux