Capa da Publicação

Ator de série da Netflix é preso por pornografia infantil

Por Raphael Martins

Jerry Harris, que ganhou bastante notoriedade após estrelar a série Cheer, produzida pela Netflix, foi preso nesta quinta-feira (17). A acusação é de produzir pornografia infantil.

Segundo noticiado pelo site Deadline, o gabinete de procuradoria dos Estados Unidos anunciou a prisão de Harris, enfatizando que o mesmo seduziu uma pessoa menor de idade e o convenceu a compartilhar fotos e vídeos de sexo explícito.

A prisão de Harris veio depois que a família de dois irmãos gêmeos do Texas abriram um processo contra ele, em agosto deste ano. Esse processo afirma que o astro de Cheer se tornou amigo dos garotos em 2018, quando ambos tinham treze anos de idade, e lhes pediu para que mandassem fotos explícitas. No processo, é dito que Harris solicitou a uma das crianças que lhe fizesse sexo oral.

O caso está sendo investigado pelo FBI desde o início do processo. A mãe das vítimas também registrou queixas de má conduta contra Harris ao Departamento de Polícia de Fort Worth e a várias organizações de torcida, incluindo a U.S. All Star Federation e Cheer Athletics Inc.

Jerry Harris tem 21 anos e está preso aguardando julgamento. A família dos gêmeos exige $1 milhão de indenização. A Netflix ainda não se pronunciou sobre o caso.

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael